última atualização: 19/08/2022

Calor: Dicas para se proteger

Exposição Solar: cuidados a ter e como se proteger

Nos dias de muito calor, é essencial proteger a saúde de todos, especialmente dos mais vulneráveis , como crianças, idosos e doentes crónicos.  

Diferença entre temperaturas de verão e ondas de calor:

É no verão que, por definição, se registam as temperaturas mais elevadas. Fala-se em onda de calor quando se verificam durante vários dias seguidos um calor intenso, em que a temperatura máxima diária ultrapassa o valor médio diário no período de referência em, pelo menos, 5ºC. As ondas de calor são fenómenos atmosféricos que podem ocorrer em qualquer estação do ano.

Efeitos do calor intenso na saúde: 

Apesar de váriar de pessoa para pessoa, a consequência mais comum da exposição às temperaturas elevadas é a desidratação. Mas a falta de cuidados pode originar desde um ligeiro rubor a um edema na pele, um desmaio, cãibras e exaustão por calor, ou até mesmo à insolação. Esta é uma das consequências mais graves da exposição do corpo a altas temperaturas.

Como proteger-se do calor?

Para proteger a saúde, é essencial garantir que as pessoas se mantêm hidratadas e o mais possível ao abrigo da exposição ao calor. 

  • Ao longo do dia, beba preferencialmente água (mesmo se não tiver sede); 
  • Faça refeições ligeiras e ricas em fruta e legumes crus;
  • Evite expor-se ao sol nas horas de maior calor. Se não puder evitá-lo, use chapéu, óculos de sol e protetor solar;
  • Opte por roupas leves e largas; 
  • Mantenha a casa o mais fresca possível;
  • Refresque-se com água fria, molhando os pulsos, as têmporas e a nuca, e evite esforços físicos; 
  • Evite estar sozinho no exterior, seja a trabalhar ou fazer outra atividade em situações de calor extremo;
  • Aplique frequentemente protetor solar com fator de proteção 30 ou superior; 
  • Em caso de onda de calor, não vá à praia. 

Pessoas mais vulneráveis exigem mais atenção

Redobre cuidados com:

  • bebés e crianças pequenas;
  • pessoas com 65 ou mais anos;
  • portadores de doenças crónicas, como diabetes, doença cardíaca ou respiratória;
  • quem trabalhar ou desenvolver outra atividade no exterior, exposto ao sol e/ou ao calor;
  •  

 Esteja alerta para sintomas de desidratação, golpe de calor ou exaustão por calor.

Em caso de emergência, ligue o 112.

Animais de estimação

Proteja-os, não os deixe expostos ao calor e nunca os deixe no carro estacionado.

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Cosméticos e medicamentos da comunidade Testes DECO PROTESTE

Comentários

Seja o primeiro a comentar