última atualização: 03/06/2020

Problemas com uma Nintendo Switch? Não é o único

A consola portátil Nintendo Switch, que custa desde cerca de 300 euros, está na lista de sonhos de muitos gamers. Mas, depois do lançamento, ficou claro que os coloridos comandos laterais tinham problemas graves.

As avarias levam a que as personagens dos jogos se mexam no ecrã sem intervenção do jogador.  Na Europa, a reparação e a substituição, mesmo na garantia, têm sido recusadas em milhares de casos, o que obriga a uma despesa de, pelo menos, 55 euros, se entregar o aparelho à marca para reparação. Já comprar comandos novos comandos custa 60 euros. 

Questionámos a Nintendo, e as reparações grátis não estão garantidas. Segundo a Nintendo, serão analisadas caso a caso, uma abordagem que recusamos e que, se o produto estiver na garantia, é ilegal.

Exigimos à Nintendo que anuncie o defeito e faça a reparação em todos os aparelhos afetados, a título gratuito. A lei da garantia é clara: se um produto avariar nos 24 meses seguintes à compra, o consumidor tem direito à reparação, à substituição, à redução do preço ou à devolução do produto.

Tem problemas com uma Nintendo? Registe queixa na nossa plataforma Reclamar ou partilhe a sua história nos comentários.



Equipa DECO PROTESTE

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Ajude-nos a melhorar da comunidade Teste Connosco

Comentários

Seja o primeiro a comentar