última atualização: 08/05/2020

Estado de calamidade: posso andar de carro?

A partir da meia-noite do dia 3 de maio, Portugal entrou em situação de calamidade. Esta decisão veio aliviar algumas restrições impostas pelo estado de emergência e criar novos limites e condicionamentos à circulação. 

Os veículos particulares podem circular para reabastecer o depósito de combustível ou para qualquer deslocação autorizada: 

  • ir às compras
  • ir trabalhar – sempre que não possa ser feito em regime de teletrabalho
  • ir ao médico
  • ir dar sangue
  • ir à farmácia
  • dar assistência a familiares

Tal como aconteceu durante o estado de emergência, se for conduzir numa deslocação autorizada, deve levar consigo os documentos habituais: 

  • original ou cópia certificada do cartão do cidadão;
  • carta de condução;
  • certificado de seguro;
  • título de registo de propriedade;
  • documento de identificação do veículo;
  • ficha de inspeção periódica.

Nessas deslocações, se possível, deve fazer-se acompanhar de um documento que comprove que a sua deslocação é autorizada, uma vez que se mantém o dever cívico de recolhimento domiciliário. O tipo de justificação dependerá sempre do motivo da saída.

Nada impede a fiscalização rodoviária e, em regra, por lei, ninguém pode recusar-se ao controlo policial, desde que a ordem seja legítima e regularmente comunicada. 


Saiba tudo o que muda de estado de emergência para estado de calamidade e se tiver dúvidas, partilhe-as com a comunidade, nos comentários. 

Equipa DECO PROTESTE

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Transportes públicos da comunidade Mobilidade

Comentários

Seja o primeiro a comentar