última atualização: 11/12/2020

Como escolher um capacete

O Código da Estrada prevê o uso de capacete para condutores e passageiros de velocípedes com motor, condutores de trotinetas com motor e outros dispositivos de circulação com motor elétrico, automotores ou meios de circulação semelhantes. Quem não respeitar a regra sujeita-se a uma coima que pode variar entre 60 e 300 euros. Não é obrigatório no caso das bicicletas tradicionais, mas aconselhamos o seu uso, para maior segurança.

Não precisa de gastar muito dinheiro para conseguir um bom capacete, mas deve certificar-se de que o acessório eleito tem as seguintes características para assegurar a proteção da cabeça e evitar danos cerebrais:  

- escolha um modelo leve, resistente e com ventilação adequada;
- opte por capacetes de cores vivas ou com refletores para ser mais visível;
- verifique se tem a marcação EN1078: indica que o modelo está de com a norma europeia;

Os capacetes infantis requerem, ainda, a atenção a outros aspetos: 
- certifique-se de que a criança consegue abrir a mola que aperta as correias com uma só mão e se o sistema não é muito duro;
- confirme se o capacete se adapta bem ao formato da cabeça e se é possível usá-lo com óculos;
- veja se o modelo tem proteção "anti-beliscão" nas fivelas que fazem o ajuste ao queixo. 

Antes de comprar, experimente para verificar se é confortável e se se adapta a si, ou seja, fica colocado firmemente na cabeça e não se move. Só assim estará protegido em caso de queda ou colisão. 

Tem dúvidas sobre como escolher um capacete seguro para si ou para o seu filho? Coloque-nos a sua questão nos comentários. 

Equipa DECO PROTESTE

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Bicicletas e trotinetes da comunidade Mobilidade

Comentários

Seja o primeiro a comentar