última atualização: 09/04/2021

Híbridos e plug-in perdem desconto no ISV

Orçamento do Estado de 2021 acaba com o desconto sobre os veículos híbridos e limita o acesso aos veículos híbridos plug-in.

A partir de agora, só podem beneficiar do mesmo se respeitarem a regra dos 50/50: emissões de CO2 inferiores a 50 g/km e autonomia em modo elétrico igual ou superior a 50 quilómetros.

Estas regras foram alvo de polémica no debate da transição para a mobilidade elétrica. Sinalizam a necessidade de garantir que os veículos híbridos trazem benefícios ao ambiente, antes de contarem com isenções ou incentivos.

É isso que a nova fórmula de cálculo visa fazer: beneficiar os veículos que respeitam um limite de emissões e garantem um nível mínimo de autonomia em modo 100% elétrico, proporcionando uma maior possibilidade de utilização no modo mais amigo do ambiente e que fora disso, por distância ou utilização incorreta, mesmo assim apresenta um nível de emissões reduzido.

Veja porque razão os automóveis híbridos não são todos iguais.

Equipa DECO PROTESTE

813 Visualizações 0 Comentários 0 Gostar
Faça login para aceder a este conteúdo. 
User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Auto da comunidade Mobilidade

Comentários

Seja o primeiro a comentar