última atualização: 04-08-2019

Troca de contador após MCP

Boa tarde,

Instalei, à algum tempo, um sistema de autocontumo de 1000 watts. Nessa altura realizei a respetiva MCP (Mera Comunicação Prévia) na DGEG a partir do portal SERUP a qual foi aceite de uma forma muito rápida.

Fiquei até surpreendido, nessa altura, com a rapidez e simplicidade com que é possivel instalar um sistema deste tipo.

Sabia que, enquanto o contador não fosse alterado, estaria a pagar não apenas pelo que estava a consumir da rede, mas também pelo que estava a injectar na rede.

O problema surge quando contacto a EDP Distribuição a qual me refere que, para alterar o meu contador terá de ser contactada pela DGEG da MCP que realizei.

Passou-se já bastante tempo (mais de 1 mês) e até à data ainda não recebi, por parte da EDP Distribuição, qualquer contacto. Prior ainda, contacto a DGEG por email, pelo sistema de pedidos de informação do site e via telefonica e simplesmente não me resondem. É inacreditável como se liga para eles durante um dia inteiro e o telefone não é atendido uma unica vez.

Desta forma gostaria de saber qual era o processo de comunicação entre a DGEG e a EDP Distribuição. Se este contacto tem mesmo de ser feito por esta entidade ou se pode ser realizado por mim. Qual e o tempo medio para que esta situa;\ao esteja resolvida.

Obrigado pela resposta.

Helder Costa

Junte-se a nós

Esta informação foi útil e ajudou-o? Para apoiar a nossa comunidade, registe-se no site. É gratuito, demora menos de um minuto.

  • Pode perguntar e pedir conselhos
  • ler as contribuições dos nossos membros
  • dar o seu contributo 
  • receber o feedback de um especialista.

Registe-se em DECO PROTESTE para participar.
Entrar ou Registar

Comentários

Melhor resposta
User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador
11-04-2018
Melhor resposta

Olá Helder e Ilídio,

As vossas dúvidas fazem todo o sentido e pode realmente acontecer, como tal deve ser precavido tal situação.

A posição oficial da DGEG no caso das UPAC com potência inferior a 1500 W em que o contador de consumo de eletricidade contabiliza a energia injetada na rede como consumo, a mesma, aconselha a "entrar em contacto com o Operador da Rede de Distribuição para relatar a situação para que o mesmo adeque o contador à nova realidade, Preferencialmente, deve informar-se junto do operador de rede sobre esta situação antes do registo e instalação da UPAC, a fim de prevenir tal situação."

Pode encontrar esta resposta por parte da DGEG no SERUP em (P38) RESPOSTAS A PERGUNTAS FREQUENTES,.

No que respeita ou principio de avaliação prévia das condições de injeção de energia na rede a efetuar pelo promotor, cabe as empresas instaladoras o dever de verificar. É por isso que o DL prevê no art.º 8.º, que estipula vários deveres para o produtor: "e) Dimensionar a UPAC de forma a garantir a aproximação, sempre que possível, da energia elétrica produzida com a quantidade de energia elétrica consumida na instalação elétrica de utilização;".

Helder,

Se a DGEG posteriormente à comunicação prévia já informou o distribuidor, pode partilhar o seguimento e a conclusão do processo com a comunidade?

Com os melhores cumprimentos

Equipa CLEAR Portugal

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.