última atualização: 04/04/2021

Atualização de preços pagos ao Microprodutor fotovoltaico

Caros parceiros de comunidade:

Sou Microprodutor fotovoltaico desde 2009.  

Avancei para este investimento acreditando que, pelas regras iniciais de pagamento ao Microprodutor, seria algo que apesar de não ser lucrativo, permitisse pelo menos equilibrar os custos como consumidor.  

Passados estes 11 anos, apenas tenho a "fraca" satisfação de estar a reduzir a minha pegada ecológica e contribuir assim para um mundo melhor para os meus filhos.

Para terem uma ideia mais precisa do que afirmo, tenho a dizer que ainda não amortizei completamente o investimento realizado, pois mantenho um registo pessoal do que tenho recebido pela venda da eletricidade que produzo e consigo ter essa percepção.

As sucessivas alterações nas regras fizeram com que não obtivesse no prazo inicialmente esperado o retorno desse investimento e perdesse completamente a noção atualizada dessas mesmas regras.

O preço por KWh que a EDP me pagou foi...

0,61752009 € de 2009 a 2014,

0,35122015 € em 2015,

0,28612016 € em 2016,

0,23320170 € em 2017,

0,18032018 € em 2018,

0,12592019 € em 2019,

0,08792020 € em 2020  e 

0,05542021 € agora em 2021.  

Como podem verificar, nestes últimos anos os saltos nos escalões de pagamento à produção são enormes e já questionei nas várias entidades o porque destas regras e nem sequer obtive uma resposta de qual a legislação aplicada.

Alguém me consegue elucidar qual o Decreto/Despacho/Portaria onde esta (in)evolução está definida?   

A atualização de preços é publicitada nalgum portal oficial?

Obrigado pela vossa atenção.

João Laranjo

User name

Junte-se a esta conversa

Participe nesta conversa, deixando o seu comentário ou questão em Produzir eletricidade da comunidade Energias Renováveis

2 Comentários

Filtrar por :
Faça login para aceder a este conteúdo. 
09/02/2021

Boa tarde Sr. João,

No seguimento do seu contacto, sugerimos a leitura do Guia de Enquadramento relativo às tarifas aplicáveis aos regimes de micro/miniprodução, elaborado pela DGEG, onde no ponto 5.1 pode analisar as tarifas decorrentes do DL nº 363/2007  para o regime bonificado (www.dgeg.gov.pt/.../i016489.pdf).

 Os valores que lhe foram pagos estão de acordo com o quadro apresentado nesse documento, podendo também perceber qual o valor que irá ser pago nos restantes anos.

Cumprimentos,

Equipa das energias renováveis

Faça login para aceder a este conteúdo. 
04/04/2021
, Respondeu:

Caro Pedro Pampulha:

Muito obrigado pela sua resposta.
Peço desculpa por só hoje lhe agradecer,
mas esqueci-me completamente deste meu apelo nesta comunidade.
Votos de boa saúde,
João Laranjo

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.