User name
Eugenio
08/06/2018

Paneis Fotovoltaicos para autoconsumo

Boa tarde,

 

Tenho uma moradia de 300 m2 com muito boa exposição solar e queria instalar uns paneis fotovoltaicos para autoconsumo.

A minha duvida esta nos kits sem baterias sera que não prejudica os equipamentos de casa como frigorifico e outros que estão sem ligado a corrente, no momento de comutar de rede para paneis ou inverso.

Obrigado pela ajuda.

Junte-se a nós

Esta informação foi útil e ajudou-o? Para apoiar a nossa comunidade, registe-se no site. É gratuito, demora menos de um minuto.

  • Pode perguntar e pedir conselhos
  • ler as contribuições dos nossos membros
  • dar o seu contributo 
  • receber o feedback de um especialista em energias renováveis.

Registe-se em DECO PROTESTE para participar.
Entrar ou Registar

Comentários

User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador
15/06/2018

Olá, Eugénio.

Enquanto trabalhamos na resposta, convidamos os membros desta comunidade a partilhar sugestões e experiências sobre este tópico. As vossas informações podem ser úteis para outros consumidores!
Obrigado,

A equipa Energias Renováveis

User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador
18/06/2018

Olá Eugénio,


A ligação à rede estará sempre assegurada não prejudicando os equipamentos que a consomem (os seus eletrodomésticos não estarão afetados). Para tal, tem de comprar um kit composto por 1 ou mais painéis fotovoltaicos e um inversor (de tipo micro ou string).

Este inversor proporciona conversão da corrente contínua proveniente dos painéis fotovoltaicos para a corrente alternada. Permite assim que parte do consumo seja proveniente do autoconsumo, proporcionando uma poupança com a diminuição de energia elétrica proveniente do seu fornecedor de serviço.

Se bem instalado o sistema fotovoltaico deve ter proteção contra equipamentos e pessoas sendo que o aparelho de corte de entrada (ACE) é utilizado nas instalações de consumo em BTN. Se o ACE não for dotado de proteção diferencial, esta proteção deve ser garantida pela instalação, elétrica e no caso de:
1) o dispositivo de proteção diferencial ser colocado no interior do quadro de entrada (QE), a instalação a montante deste dispositivo deve ser da classe II de isolamento;
2) o dispositivo de proteção diferencial ser colocado entre o ACE e o QE, este dispositivo deve ser instalado num invólucro da classe II de isolamento.

A proteção contra os contactos indiretos deve ser garantida por dispositivos de proteção diferencial. Devem ser do tipo B quando o inversor PV puder introduzir, por construção, correntes de defeito (DC) na instalação elétrica.

Recordamos que a tecnologia do autoconsumo (sem baterias) teve início em 2015 (Decreto-Lei 153/2014) e desde então, tem sido um sucesso quando está bem dimensionado e corretamente instalado por empresas acreditadas. Um consumidor pode produzir parcialmente a energia para consumir diretamente na sua habitação sendo fornecido o restante pela rede.

Saiba mais em:

Kits fotovoltaicos para autoconsumo: os melhores e as combinações impossíveis

e,

Luz solar transformada em eletricidade através de painéis fotovoltaicos

Com os melhores cumprimentos

Equipa Energias Renováveis

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.