última atualização: 11/01/2016

Aquecimento central solar/apoio a gás versus bomba de calor

Saudações

Tenho uma vivenda (2ª habitação), na praia de Porto Côvo, a qual não tem aquecimento central (apenas alguns radiadores elétricos). Por esse motivo, pouco a uso de inverno, pois a potência instalada (6,9 kW), nem permite ligar todos simultaneamente! O aumento desta potência obrigaria a pagar todos os mêses por algo que utilizo apenas 3 mêses de inverno!

A minha questão, para a qual peço a vossa ajuda, é: A instalação de bombas de calor, apenas para aquecimento, seria uma  solução viável, mantendo esta potência instalada? Ou será melhor alternativa, sistema solar com apoio duma caldeira a gás (infelizmente Butano)?

As características da vivenda são: R/C com 240 m2 (5 divisões) e 1º andar com 100 m2 (3 divisões); Bom isolamento (paredes, tectos e vidros duplos); orientação sul, poente.

Grato pela vossa atenção

Junte-se a nós

Esta informação foi útil e ajudou-o? Para apoiar a nossa comunidade, registe-se no site. É gratuito, demora menos de um minuto.

  • Pode perguntar e pedir conselhos
  • ler as contribuições dos nossos membros
  • dar o seu contributo 
  • receber o feedback de um especialista.

Registe-se em DECO PROTESTE para participar.
Entrar ou Registar

  Comentários

Melhor resposta
User name
João Silva
20/07/2015
Melhor resposta

Boa tarde Caro Manuel Calado,

a questão que nos coloca é bastante pertinente e comum a muitos utilizadores de aquecimento.

O sistema instalado não fornece o conforto desejado mas aumentar a potência elétrica representa um custo anual acrescido para apenas usar durante 3 meses.

Por outro lado, pelo que nos indica não existe gás natural e a opção teria que ser pelo Propano (com Butano iria ser muito difícil manter uma caldeira a funcionar em aquecimento durante um período suficiente para aquecer a habitação), que é um combustível também muito caro.

Uma bomba de calor ar-ar (ar condicionado) pode ser uma solução viável. A potência instalada também não é suficiente para ter todas as divisões a aquecer em simultâneo, mas como as bombas de calor aquecem de forma mais rápida (devido à circulação do ar), poderá aquecer apenas os espaços ocupados e desligar as unidades quando mudar de divisão.

Aconselhamo-lo a consultar um instalador local para que faça um levantamento das necessidades e um orçamento para o pretendido. Caso tenha espaços com ocupação a horas diferenciadas (zonas comuns e quartos), poderá optar por sistemas multi-split que lhe poderão permitir poupar na aquisição e cujas unidades exteriores têm menos potência que a totalidade das unidades interiores somadas, o que lhe poderá ajudar com a questão relacionada com a potência do quadro elétrico.


Com os melhores cumprimentos da equipa do CLEAR Portugal

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.