última atualização: 28/10/2019

Bomba de calor ou Painel solar?

Boa tarde,

Moro numa moradia rustica na zona de Sintra e recentemente o meu esquentador a gás butano chegou ao fim de vida. Tenho estado a recolher informação acerca de outras soluções mais ecológicas tipo a bomba de calor e o painel solar para fazer o aquecimento das águas de casa mas os fornecedores que contactei são um pouco ambíguos nas respostas não me elucidando acerca da melhor solução. Encontro-me mais virado para a bomba de calor que me foi explicado que trabalha de uma maneira semelhante á do ar condicionado sem utilização do gás butano mas entendi que existe uma componente eléctrica que é utilizada para colocar um sistema de circulação de água que faz aquecer a caldeira. Pergunto-me qual o nível de poupança deste sistema e se essa componente elétrica não ira comprometer a mesma tendo em conta o preço da eléctricidade. Pergunto também se a poupança da não utilização do gás e a eliminação do esquentador não se compromete na fiabilidade da caldeira que já me disseram também ter uma vida limitada com as suas consequências económicas e ecológicas relacionadas com a sua reciclagem.

Obrigado desde já por toda a ajuda possível

Junte-se a nós

Esta informação foi útil e ajudou-o? Para apoiar a nossa comunidade, registe-se no site. É gratuito, demora menos de um minuto.

  • Pode perguntar e pedir conselhos
  • ler as contribuições dos nossos membros
  • dar o seu contributo 
  • receber o feedback de um especialista.

Registe-se em DECO PROTESTE para participar.
Entrar ou Registar

  Comentários

User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador
28/10/2019

Olá José,

Pode partilhar com os membros desta comunidade o seu agregado familiar? Sem esta informação a escolha torna-se ambígua.

Já pesquisou sobre a bomba de calor como Lydos Hybrid ou solar térmico?

Cumprimentos

Equipa energias renováveis

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.