última atualização: 09/11/2018

Caroços de azeitona e cascas de amêndoa

Boa tarde!

Tenho uma salamandra multicombustivel, a Ecoforest Vigo ll. Tem funcionado muito bem a pellets, mas uma vez que também queima caroços de azeitona e cascas de amêndoa gostaria de os experimentar, porque tenho lido noutros fóruns que são combustíveis mais baratos. Mas, tenho muita dificuldade em encontrar qualquer informação, ou comerciante.

Alguém sabe como obter estes combustíveis na zona do Porto?

São realmente mais baratos que pellets, contando o poder calorífico?

Muito obrigado desde já.  

Junte-se a nós

Esta informação foi útil e ajudou-o? Para apoiar a nossa comunidade, registe-se no site. É gratuito, demora menos de um minuto.

  • Pode perguntar e pedir conselhos
  • ler as contribuições dos nossos membros
  • dar o seu contributo 
  • receber o feedback de um especialista em energias renováveis.

Registe-se em DECO PROTESTE para participar.
Entrar ou Registar

Comentários

User name Moderator
Bruno Miguel | Moderador
09/11/2018

Bom dia Júlio,

Ao analisarmos o mercado verifica-se que na atualidade ainda não existem muitos Layers que forneça o mercado retalhista caroços de azeitona ao pequeno e médio consumidor. Também não existe uma entidade que certifique a qualidade do caroço de azeitona limpa para queima em caldeiras ou salamandras, ao contrário do que acontece com as pellets, a ANPEB.

Pode-se encontrar a venda do produto em possíveis lagares, mas possivelmente a venda processa-se em grandes quantidades (tons) não sendo garantida a qualidade. A obtenção do produto em pequenas ou grandes superfícies comerciais revela-se difícil ou inexistente.

Ao contrário de Portugal, Espanha encontra-se com um mercado mais avançado no que respeita à venda ao consumidor e facilidade na sua obtenção. De acordo com o último estudo realizado pelo nosso parceiro aos produtos de caroço de azeitona vendido ao consumidor em Espanha, os mesmos demonstraram bons resultados quer no que respeita ao poder calorífico; à formação resíduos metálicos; emissões e possíveis problemas de corrosão na câmara de combustão quando comparados com as pellets. Este estudo foi realizado pelo nosso parceiro OCU aos produtos certificados espanhóis não podendo ser replicado para os produtos portugueses.

Podemos desta forma apenas afirmar que existe potencial no uso do caroço de azeitona com fins de aquecimento.

Com os melhores cumprimentos

Equipa Energias Renováveis

eu disclaimer

O projeto que deu origem a esta comunidade recebeu financiamento através do programa de investigação e desenvolvimento “Horizon 2020”, sob o contrato de subvenção nº749402. Nem a EASME nem a Comissão Europeia são responsáveis pela informação veiculada nem pela utilização das informações contidas na mesma.