Primeiras impressões

M4O: faça contas antes de aderir ao novo serviço da Meo

24 janeiro 2013 Arquivado

24 janeiro 2013 Arquivado

Some os montantes que paga todos os meses pelos serviços de televisão, Net, telefone fixo e dois telemóveis. O M4O só compensa para quem gasta a partir de € 85,49 por mês e não se importa de ficar fidelizado durante 2 anos.

Divulgado com uma forte campanha publicitária, o M4O, o novo serviço da PT, promete simplicidade, comodidade e poupança. Concordamos com um dos argumentos, pois é cómodo ter quatro serviços num mesmo operador e, deste modo, receber uma única fatura. Mas o M4O nem sempre garante simplicidade e poupança. Ao obrigar a uma fidelização de 2 anos, deixa de ser simples mudar se o serviço não agradar ou se surgir uma proposta mais vantajosa. Quanto à poupança, depende dos serviços que já tem e da utilização que faz do telemóvel. Para saber se compensa, some as mensalidades dos serviços de televisão, Internet, telefone fixo e dois telemóveis e verifique se ultrapassa € 85,49: a mensalidade mínima do M4O, com uma box incluída. Embora esta seja indispensável para usufruir do serviço como descrito na publicidade, é “esquecida” nos anúncios que indicam uma mensalidade de 79,99 euros.

Principais argumentos em pormenor

O M4O anuncia 85 canais de televisão. Não basta o número, é preciso verificar se os seus canais preferidos estão contemplados na oferta da Meo. Embora seja equiparada à da concorrência, ficam de fora do novo serviço da PT canais de séries e filmes em HD importantes, como Hollywood, Mov, AXN, AXN Black, AXN White, Fox e Fox Life. Para os mais novos, o Disney Júnior é substituído por canais como Jim Jam, Baby TV e SIC K. Para ter mais canais HD e ficar com 140, no total, terá de acrescentar € 7,85 à mensalidade. Caso não haja fibra na zona onde reside, só pode aceder ao M4O ADSL, que custa o mesmo, mas só disponibiliza 80 canais, menor velocidade de Internet (24 Mbps) e permite a contratação de, no máximo, duas boxes.

Quanto à velocidade de Internet, são garantidos 100 Mbps de velocidade e tráfego ilimitado. A concorrência também propõe tarifários com velocidades e tráfego semelhantes.

No telefone fixo, o M4O garante chamadas ilimitadas para redes fixas nacionais e 30 destinos internacionais. No último caso, apenas das 21h às 9h. Contudo, em nota de rodapé, é referido que nos telefonemas internacionais, os gratuitos estão limitados a 1000 minutos mensais. Tal equivale a meia hora de conversação por dia. As restantes operadoras também aplicam limites, mas nem todas indicam o valor máximo.

O telemóvel é a principal novidade deste pacote. Segundo a publicidade, o serviço inclui 2 cartões de telemóvel com chamadas e sms ilimitados para todas as redes móveis e fixas nacionais e 200 MB mensais de Net móvel, para cada cartão. Mais uma vez, as notas de rodapé esclarecem melhor esta utilização: existem limites. A PT permite a realização de 2000 minutos e 2000 sms mensais. Na prática, corresponde a 1 hora de conversação ao telemóvel e pouco mais de 60 sms diárias. Sempre criticámos a utilização da palavra “ilimitado” em serviços que, na realidade, têm limites. As operadoras devem ser honestas com os consumidores e indicar, com clareza, os limites de cada produto e nunca mencionar que são ilimitados, quando não é verdade. Outro detalhe sobre o telemóvel: um cliente da rede TMN que ligue para um telemóvel M4O paga como se ligasse para a própria rede. No caso dos tarifários Moche, as chamadas ficam gratuitas.

Quanto à Net no telemóvel os 200 Mb são, em princípio, suficientes para quem usa muito as redes Wi-Fi. Já quem navega mais através das redes 3G ou 4G e descarrega, com frequência, e-mails com anexos, acede às redes sociais e vê filmes no YouTube, ultrapassa, com facilidade, aquele limite. Aumentar o tráfego de dados disponível implica o pagamento de uma mensalidade de € 10,71 ou € 16,06, para 500 MB ou 1 GB, respetivamente. Ao contrário do que acontece noutras operadoras, como a Vodafone e a Zon, o M4O não inclui banda larga móvel.

A partir de € 85,49 por mês

Se já tem um serviço triplo, some à mensalidade o valor que gasta em telemóvel (pode acrescentar até 2 faturas) e compare com a mensalidade do serviço M4O: € 85,49, se apenas quiser uma MeoBox com gravação, e € 90,49 (€ 89,09, se for ADSL), para acrescentar uma segunda MeoBox, mas sem gravação. Se juntar outros serviços, como canais HD, aumentar o tráfego da Net no telemóvel ou acrescentar outro cartão de telemóvel, a mensalidade subirá.

Mensalidades com o M4O (€)
  Inclui 2 cartões de telemóvel Com 3 cartões de telemóvel Com 4 cartões de telemóvel
1 MeoBox (gravação)
85 canais Fibra 85,49
(serviço de base)
92,99 100,49
80 canais ADSL
140 canais Fibra 93,34 100,84 108,34
ADSL
2 MeoBox (gravação e normal)
85 canais Fibra 90,49 97,99 105,49
80 canais ADSL 89,09 96,59 104,09
140 canais Fibra 98,34 105,84 113,34
ADSL 96,94 104,44 111,94

Caso resolva aderir ao M4O, fica sujeito a um período de permanência de 24 meses: o máximo estabelecido na lei. Ou seja, se não ficar satisfeito e quiser desistir do serviço durante este período terá de compensar a PT pelas mensalidades por pagar. Contudo, esta é uma prática seguida por por todas as operadoras na política de fidelização.


Imprimir Enviar por e-mail