Notícias

Televisão em pacotes enfrenta serviços de streaming

13 maio 2016
Os serviços de streaming mudaram a forma de ver televisão em países como os Estados Unidos, mas não têm ainda força suficiente em Portugal.

13 maio 2016

Os serviços de streaming como o Netflix e o N Play trouxeram novas armas para a batalha entre operadoras. Conheça as vantagens destes conteúdos. Poderão destronar os serviços de TV dos operadores de telecomunicações em Portugal?

Início

A chegada do Netflix ao País virou as atenções dos consumidores para os serviços de streaming. A novidade, porém, veio acompanhada de algumas limitações, já que, face a outros países, em Portugal o streaming é ainda uma espécie de complemento aos serviços de TV, Net e telefone, ficando aquém em aspetos como a variedade de conteúdos disponíveis.

O streaming “à portuguesa” pode ser organizado em duas categorias: 

  • serviços associados às emissoras de televisão, que são gratuitos e permitem o acesso móvel às emissões e a um repositório de conteúdos já transmitidos, como o RTP Play, o TVI Player e o FOX Play;
  • serviços por subscrição, como o N Play e o Netflix, de preço, qualidade e acessibilidade variáveis, que contêm catálogos com conteúdos diversos (alguns dos quais exclusivos) e frequentemente atualizados.

O Netflix é o único do seu tipo que é acessível ao público em geral, já que o N Play está reservado a clientes NOS. Também o Meo Go está reservado aos clientes da operadora, sendo de uso gratuito em casa e pago na versão “portátil”. De todos, o Netflix é o único que já emite em 4K.O Netflix e o N Play são os únicos com verdadeiro catálogo

A comparação direta faz-se, assim, entre estes dois serviços. Os restantes, em geral gratuitos, podem servir de complemento. Clique nos separadores à direita para descobrir as características dos vários serviços e a melhor forma de os ligar à sua televisão.

O streaming como alternativa aos serviços de TV, Net e telefone
Em países como os Estados Unidos há milhões de pessoas a abdicar dos pacotes de televisão e das suas dezenas de canais (por vezes sem grande utilidade), em favor de um serviço de streaming combinado com um pacote de Net simples. 

Para o consumidor português essa opção revela-se pouco rentável, já que os catálogos disponibilizados apresentam ainda algumas limitações e a oferta de pacotes de internet disponível no País é pouco competitiva, quando comparada com os pacotes de TV, Net e telefone. Conheça, compare e escolha o pacote de televisão e comunicações mais indicado para as suas necessidades com a ajuda do nosso simulador de telecomunicações e consiga uma poupança de cerca de € 25 por mês.

Comparámos os pacotes mais baratos das principais operadoras de telecomunicações com as ofertas mais básicas que dão acesso a Net ilimitada. A velocidade mínima considerada foi de 30 Mbps, suficiente para uma boa experiência de streaming de vídeo. Incluímos ainda o valor de uma caixa descodificadora com gravação no caso dos serviços de TV, Net e telefone e a aquisição do hotspot nos restantes. Questionámos as operadoras quanto a possíveis limites de tráfego destes pacotes, mas não conseguimos obter resposta. 

Nenhuma operadora oferece o serviço de Internet fixa Fibra, Cabo ou ADSL isoladamente. A NOS tem um serviço de Net “fixa” 4G; a MEO e a Vodafone disponibilizam pacotes com, no mínimo, Net fixa e telefone. Como serviços alternativos, as três operadoras oferecem o de Internet móvel ou o triple play (TV, Net e telefone) que, para a mesma velocidade de internet, chega a ser mais barato do que outros pacotes com menos serviços. 

Os serviços de TV, Net e telefone mais baratos custam € 26,90 (Vodafone) ou € 41,20 por mês (custo médio, incluindo a promoção do primeiro mês, nos operadores MEO e NOS). Comparativamente aos pacotes de Internet, a proposta mais barata da Vodafone custa menos € 4,40 face ao triple play do mesmo operador, ao passo que a da NOS alivia a fatura em 7,88 euros. No caso da MEO, € 18,71 separam o Total 100 Especial Fibra do mais simples. Face às novas formas de ver conteúdos nascidas nesta era, parece-nos necessário que existam mais opções, e mais baratas, para quem pretende apenas um serviço de internet rápido e sem limites de tráfego.


Imprimir Enviar por e-mail