Notícias

Tarifários Extreme, Moche, TAG e Yorn com Internet ultrapassam facilmente os € 8 mensais

18 dezembro 2012 Arquivado

18 dezembro 2012 Arquivado

Os utilizadores destes tarifários não podem distrair-se com o preço das comunicações para outras redes ou as consequências caso o saldo seja insuficiente para pagar a mensalidade.

Os novos tarifários Extreme, Moche, TAG e Yorn com Internet são à partida aliciantes: por uma mensalidade até € 8, pode ligar gratuitamente dentro da comunidade e dispor de 150 ou 200 MB para usar a Internet via 3G ou 4G. Não é fácil encontrar tarifários com carregamentos obrigatórios que permitam carregar menos de € 10 por mês. Até agora, essas opções estavam restritas a algumas faixas etárias (menores de 25 anos) ou a estudantes. Também disponíveis nos chamados tarifários self-service ou online mas à custa de preços mais caros nas comunicações.

Com a nova versão do Vodafone Extreme e do Yorn W, Vodafone e Yorn criaram tarifários na mesma linha dos planos sub-25 da Optimus e TMN, mas sem restrições de idade. A Optimus também não demorou a ter uma oferta alargada aos maiores de 25 anos. Seguiu-se a TMN com a nova versão do Moche.

Todos estes novos tarifários parecem ter “prazo de validade”: só se aplicam a quem aderir até 31 de janeiro de 2013. Resta saber quais as condições depois deste prazo e se haverá um acréscimo na mensalidade ou, ainda, se o prazo para novas adesões será alargado. Para perceber em que condições podem ser interessantes, comparámo-los com a restante oferta. Mudar de tarifário custa € 5, se não for a primeira vez.

Comparação dos custos mensais

Estabelecemos 2 perfis de utilização e calculámos os custos mensais totais (voz + dados) dos tarifários de cada operador (151 tarifários, no total), com base nos preços das comunicações em dezembro.

Destacamos as comunicações dentro da “comunidade” e considerámos a utilização da Internet no telemóvel, já que estes planos foram criados a pensar neste tipo de utilização. No segundo perfil, pode ver quanto paga a mais por mês efetuando apenas mais 5% das comunicações fora da comunidade e da rede.

Perfil 1
Para todos os operadores, considerámos 1 chamada com duração aproximada de 1 minuto e meio e 30 SMS por dia, com 95% das comunicações dentro da rede (85% da própria comunidade).

Na comparação dos tarifários da Vodafone, incluímos 30% das comunicações para números da Vodafone ao fim de semana (no tarifário Extreme, estas chamadas são gratuitas).

Perfil 2
As mesmas condições, mas com mais 5% das comunicações efetuadas fora da comunidade, o que equivale a 90% das comunicações dentro da rede (com 80% na própria comunidades).

Fatura sobe em flecha se ligar um pouco mais fora da comunidade

Comunicações fora da rede mais caras

Os novos tarifários, tal como outros que incluem comunicações gratuitas para determinados destinos e/ou horários, são muito sensíveis a pequenas alterações no volume de comunicações para destinos pagos.

Com poucas chamadas e algumas mensagens fora da comunidade, os custos mensais não vão ficar pelos 8 euros mensais anunciados. As chamadas dentro da rede mas fora da comunidade não estão incluídas, nem as chamadas e mensagens para outras redes. Estas têm custos elevados.

Os novos tarifários compensam para quem não faz praticamente comunicações extra (pagas além da mensalidade), e têm a vantagem de incluir um pequeno plafond de dados para utilizar a Internet no telemóvel via 3G ou 4G, quando não capta uma rede wi-fi.
Os custos podem facilmente ultrapassar os € 15 no caso do TMN Moche e do Optimus TAG com mensalidade, ou os € 20 no Vodafone Extreme e Yorn W, à medida que vão aumentando as chamadas e SMS para outras redes. Basta, num mês, fazer cerca de 3 chamadas de aproximadamente 2 minutos para outras redes e enviar mais de 2 SMS por dia para outras redes, para atingir os montantes referidos.

O TMN Moche e o Optimus TAG com mensalidade são bem mais favoráveis nos custos das comunicações para outras redes comparativamente com os concorrentes Vodafone Extreme e Yorn W. Para tal, é importante ter a maioria dos contactos frequentes nas respetivas redes.

Penalizações em caso de saldo insuficiente

Não descure as penalizações caso não tenha saldo suficiente pagar a conta. Nos Yorn W e Vodafone Extreme, há multas entre € 0,5 e € 2 por cada dia de atraso ou, caso o saldo não permita a cobrança, o utilizador é impedido de realizar e receber comunicações após uma semana.

O TAG com mensalidade é omisso nesta questão, mas nas condições gerais refere a impossibilidade de realizar comunicações (pode recebê-las) e uma multa de € 0,5 por dia em que são recebidas comunicações, sendo o cartão bloqueado ao fim de 15 dias. O carregamento efetuado desbloqueia o telemóvel, quer no TAG, quer na Vodafone e na Yorn. Na TMN, também fica impossibilitado de realizar comunicações (pode recebê-las). Se a situação se mantiver na cobrança da mensalidade seguinte, há uma alteração automática para um tarifário sem carregamentos obrigatórios (com preços das chamadas e mensagens mais elevados) e não regressa ao Moche com mensalidade sem pedir uma alteração do tarifário.

Estas condições, que surgem em nota de rodapé, deveriam ter um destaque maior. Na verdade, as consequências de um atraso no pagamento podem ser avultadas. Uma multa diária entre € 0,50 e € 2 pode significar uma redução no saldo entre € 2,50 e € 10 no espaço de uma semana.