Notícias

$name


Mais € 4,91 por mês era o preço para mudar de Internet ADSL com 12 MB para Fibra Internet 50 MB e chamadas gratuitas todo o dia para a rede fixa. Pelo telefone, Ana
Oliveira, 36 anos, do Feijó (Almada), aceitou a proposta da Vodafone.

Interrupção sem aviso
Em dezembro de 2010, ao receber a fatura, Ana detetou valores incorretos. A Vodafone desconhecia a promoção. Afinal, as chamadas não eram gratuitas todo o dia, mas só a partir das 21 horas. A leitora pediu a reativação do tarifário antigo, o que não obrigava a intervenção técnica, segundo a Vodafone. Mas, mais tarde, esta informou que, devido à instalação do serviço de fibra, não podiam repor o ADSL: a linha telefónica tinha sido devolvida à Portugal Telecom (PT). Três dias depois, o telefone e a Internet foram suspensos com a alteração para ADSL, justificou a Vodafone. Só ficaria ativo quando a PT reativasse a linha.

Reparação em 3 atos
Após a intervenção da PT, a Vodafone não concluiu a mudança, por problemas na linha. Com muita persistência, Ana conseguiu nova deslocação da Vodafone. Desta feita, o técnico assegurou que só a PT teria de voltar para completar a instalação. Mas a linha de apoio insistia na presença dos dois técnicos, no horário de trabalho, inconveniente para Ana.

O impasse só ficou resolvido no final de fevereiro, com a reparação da PT. Em maio, a Vodafone respondeu aos nossos três contactos com a resolução do caso. Lamentavelmente, não compensou a nossa leitora pelos 30 dias sem telefone e Internet.