Notícias

Serviço triple play da Meo: dois meses a falhar

12 março 2014 Arquivado
Triple play da Meo

12 março 2014 Arquivado

Dadas as falhas persistentes no serviço de televisão, telefone e Net da Meo, Andreia Lopes, 31 anos, da Charneca da Caparica (Almada), perguntou-nos se poderia cancelar sem pagar penalizações.

Enquanto serviços públicos essenciais, as operadoras de telecomunicações têm deveres de informação e padrões de qualidade definidos. Falhas persistentes no serviço ou incumprimento do contrato podem ser motivos válidos para rescindir, mesmo que ainda esteja no período de fidelização.

Além das falhas, esta associada detetou que a velocidade do serviço de Internet correspondia a cerca de metade da contratada. A Meo não resolveu o problema, nem enviou um técnico para avaliar, como prometeu. Por isso, Andreia enviou uma carta a desistir do serviço. Exigiu ainda a retificação das faturas de 2 meses, em que esteve sem serviço durante 2 semanas.

Em resposta, a Portugal Telecom (PT) pretendia cobrar a penalização por não cumprir o período de fidelização. Andreia enviou nova reclamação por escrito à PT e pediu também a nossa intervenção.

Ainda antes de contactarmos a empresa, foi a leitora quem nos deu as boas notícias: a PT aceitou a rescisão sem cobrar a penalização nem as últimas faturas.

Se mudar de casa, mesmo mantendo o serviço, pode ficar sujeito a um novo período de fidelização ou ter de pagar a instalação. Muitas das mudanças estão fora do domínio e da vontade dos consumidores. As operadoras devem ser flexíveis a essas alterações.