Notícias

Roaming: pacotes da TMN e da Vodafone só compensam para poucos

08 agosto 2012 Arquivado

08 agosto 2012 Arquivado

Os novos serviços apenas reduzem os custos do uso telemóvel no estrangeiro em condições muito específicas. Consumidores exigem menos notas de rodapé e informação mais clara sobre as opções tarifárias em roaming.

Informação pouco clara

Os tarifários Vodafone Easy Roaming e TMN Classe Económica têm muitas notas de rodapé e a forma como são apresentados dificulta uma comparação imediata com os tarifários-base ou entre diferentes modalidades.

Já os tarifários-base continuam colados aos valores máximos definidos pela Comissão Europeia para os países da União Europeia e cobram preços muito elevados para as zonas onde os preços não são regulados.

Defendemos o fim das restrições à utilização das comunicações gratuitas em roaming. Existem tarifários que permitem gastar as comunicações incluídas nos planos e mesmo as comunicações gratuitas têm limites estabelecidos pelo que os operadores designam de política de utilização responsável: no fundo, não são mais do que pacotes de minutos e SMS.

Para quem tem hábitos mais poupados nas comunicações em viagem, deveriam ser criados tarifários alternativos à eurotarifa.