Notícias

$name

Como denunciámos em novembro último, várias empresas incitavam os consumidores a ligar para números iniciados por 607, de valor acrescentado, para reclamar um prémio. Este nunca aparecia, mas a fatura da chamada atingia quantias significativas.

A Autoridade Nacional das Comunicações (ANACOM) anunciou que a fiscalização a essas empresas revelou que algumas não cumpriam todas as obrigações de informação. Por isso, decidiu revogar as suas licenças.

Os serviços de televoto, a que correspondem os números começados por 607, no início de cada chamada, têm de emitir uma gravação a informar sobre os custos e a cada minuto deve soar um toque a avisar da passagem. Só assim os consumidores podem ter uma ideia do que pagarão pela chamada.

Se receber chamadas deste tipo, que não mencionem a informação obrigatória, denuncie à ANACOM (800 206 665 ou preencha um formulário no portal) ou contacte o nosso serviço de informação.