Dicas

Net com fibra para utilizadores intensivos

10 maio 2011 Arquivado

10 maio 2011 Arquivado

Se faz muitos downloads e uploads, opte por um serviço de nova geração. As velocidades anunciadas são geralmente cumpridas.

As redes de fibra ótica já são usadas há alguns anos entre as centrais dos operadores de telecomunicações, mas só recentemente começaram a chegar a casa do utilizador. Alguns operadores adiaram a instalação, implementando tecnologias alternativas que permitem aumentar a capacidade das suas redes híbridas, constituídas por fibra ótica e cabo coaxial. Estas têm uma capacidade inferior, mas graças a protocolos de comunicação evoluídos (EuroDOCSIS 3.0) oferecem serviços com velocidades equiparadas aos fornecidos pelas redes de fibra até casa.

Redes de nova geração
Quase todos os operadores disponibilizam serviços de alta velocidade através de dois tipos de rede. A “fibra até casa” (FTTH sigla de Fiber To The Home) utiliza fibra ótica desde a central até a casa do utilizador. É usada atualmente pelos operadores Clix, Meo, Sapo e Vodafone.

A “fibra até ao nó” (FTTN, sigla de Fiber To The Node), usada pela Cabovisão e Zon, também recorre a fibra ótica, mas só até às caixas de distribuição perto da casa do utilizador. O sinal ótico é aí transformado em elétrico e chega via cabo coaxial.

Altas velocidades
Estes serviços de nova geração disponibilizam Internet com velocidades de download até 360 Mbps e de upload até 24 Mbps, nas redes de fibra, e até 10 Mbps, nas redes híbridas.

Permitem ainda uma grande simultaneidade de utilização: várias televisões com canais HD e computadores ligados à Internet, sem comprometer a qualidade.

As velocidades dos serviços de nova geração aproximam-se das anunciadas nas redes com fibra até casa e nas até ao nó. Use computador com cabo Ethernet para ter Net à velocidade máxima. A ligação wi-fi via router de norma N limita velocidade.
 
As ligações são bem mais estáveis e cumpridoras do que as tradicionais por cabo e ADSL, que dificilmente atingem os valores prometidos. Compensa transitar para um serviço de nova geração de velocidade anunciada idêntica ou aproximada, já que o custo é semelhante. As velocidades mais elevadas (50, 100 ou 200 Mbps) e mais caras só são vantajosas para utilizadores intensivos que realizem muitos downloads e/ou uploads em simultâneo, para usufruir da maior largura de banda.

Desde € 29,90 mensais
Os serviços de fibra incluem voz, alguns com chamadas ilimitadas para números fixos nacionais. Só para Net e telefone, a mensalidade ronda os 30 euros.

Se pretende aderir a um serviço triple play com Net, telefone e televisão, as mensalidades variam entre cerca de € 40 e € 60, consoante o número de canais e velocidade de download. A maioria inclui chamadas ilimitadas para números nacionais fixos. As mensalidades são idênticas às de muitos serviços de ADSL ou cabo.

Verifique se a sua zona de residência tem acessos de alta velocidade. Para tal, contacte os operadores ou consulte as respetivas páginas na Net. Em expansão, atualmente, estas redes estão sobretudo concentradas nas regiões de Lisboa e do Norte.


Imprimir Enviar por e-mail