Dicas

Internet por satélite: conheça o Starlink e outras alternativas

A nova modalidade de internet via satélite da Space X já está disponível em Portugal e promete levar conexão a todas as partes do mundo. Saiba o que é o Starlink e que outros fornecedores existem atualmente.

26 setembro 2022
Internet por satélite: conheça o Starlink e outras alternativas

iStock

A internet por satélite é um serviço de alta velocidade que permite o acesso à internet em zonas remotas, de baixa densidade populacional ou de geografia mais acidentada. 

Em vez de se ligar a uma central de telecomunicações, o cabo de casa é ligado a uma antena parabólica instalada em casa ou na proximidade. A antena envia e recebe informação de um satélite no espaço, que a emite novamente para uma estação terrestre. Esta estação está ligada por fibra à mesma rede de servidores de dados.

Em Portugal, o número de acessos de banda larga via satélite representa menos de 0,3% do total de acessos em local fixo. Mas este tipo de acesso tem crescido de forma significativa, desde o final de 2018.

No segundo trimestre de 2020, após a declaração de pandemia, verificou-se um aumento maior. O crescimento foi de 78,5% entre o quarto trimestre de 2018 e o terceiro trimestre de 2020. O número de acessos à internet via satélite atingiu 1300 no terceiro trimestre de 2021.

Quem fornece internet por satélite em Portugal?

No segmento residencial, que engloba as ofertas para os consumidores e para as famílias, existem atualmente quatro fornecedores: Starlink, Tooway (Greenmill), SkyDSL e Vivasat (Vivanet). 

O que é necessário para utilizar?

Em regra, a utilização da internet por satélite requer a antena parabólica, o emissor-recetor, o modem ou router e os cabos. Os equipamentos e a configuração dos mesmos são garantidos pelo fornecedor de serviço.

Quais os preços?

O serviço por satélite pode ficar mais caro do que um serviço por fibra. Uma ligação à internet através de fibra com 100 Mbps (megabits por segundo) custa entre 20 euros (NOWO) e 26,99 euros (MEO ou NOS) por mês, com 24 meses de fidelização. Contudo, sem fidelização, os valores mensais já ultrapassam os 34 euros por mês e os custos de adesão chegam aos 340 euros, o que se aproxima dos custos de adesão das opções via satélite. Ainda assim, o preço médio fica abaixo dos 50 euros por mês (48,66 euros), num horizonte temporal de dois anos.

Starlink

O Starlink custa 65 euros por mês, com um custo adicional de 350 euros para o equipamento, sem fidelização. Isto significa que, ao fim de dois anos, vai gastar 1910 euros (79,58 por mês). Quanto mais tempo mantiver o serviço, menos terá de pagar devido à amortização do custo inicial do equipamento. Mas o valor será sempre acima dos 65 euros por mês.

Tooway

O Tooway (Greenmill) custa 35 euros por mês para uma velocidade de apenas 30 Mbps de download e 6 Mbps de upload. Tem uma taxa de ativação de 35 euros e um custo de instalação e configuração de 150 euros, sendo o tráfego ilimitado entre a uma e as seis horas da manhã (o limite é de 20 GB de dados por mês).

A oferta mais barata deste fornecedor começa em 20 euros por mês, com apenas 16 Mbps de velocidade e um limite de dados de 10 GB. O custo do equipamento acresce a estes preços, com a opção de aluguer (9 euros por mês) ou de compra (449 euros). Se rescindir nos primeiros seis meses, tem de assumir os custos de desinstalação do equipamento, que correspondem a 180 euros.

SkyDSL

O SkyDSL tem preços a partir de 16,90 euros, mas com apenas 12 Mbps e um limite de tráfego de 15 GB. Uma ligação de 40 Mbps com tráfego ilimitado custa 39,90 euros por mês (com um desconto de 10 euros por mês, após 24 meses). 

Há um custo de ativação de 49,90 euros, que pode ser descontado conforme a promoção. Os custos de aluguer do equipamento são de 4,90 euros por mês, após um custo inicial de 69,90 euros ou 9,90 euros por mês durante 24 meses, com um custo inicial de 19,90 euros. Este fornecedor disponibiliza ainda uma opção de streaming por oito euros mensais.

VivaSat

A VivaSat tem ofertas a partir de 29,90 euros por mês (até 20 Mbps). Uma ligação de 50 Mbps custa 54,90 euros por mês. A instalação custa 160 euros e o serviço tem 12 meses de permanência. Optar pelo serviço sem fidelização tem um custo adicional de 325 euros de ativação. O aluguer do equipamento é gratuito.

Quais as velocidades de download e de upload?

Geralmente, as velocidades são abaixo de 50 Mbps de download e de 6 Mbps de upload. A exceção é o Starlink com uma velocidade que pode variar entre 50 e 150 Mbps.

A banda larga por satélite não é tão eficaz em termos de velocidade e de latência como a fibra super-rápida, mas tem a vantagem de estar disponível em qualquer parte do mundo.

É possível transportar a internet por satélite para outros locais?

O equipamento precisa de ser instalado num local fixo e apontado para os satélites no espaço, o que significa que não pode ser deslocado. A antena parabólica não se orienta automaticamente na direção do satélite no espaço e não está concebida para fornecer comunicações via satélite em movimento. A internet por satélite também não pode ser utilizada fora do país para o qual foi adquirida.

A única exceção é o Starlink que, embora não suporte a utilização enquanto conduz, tem um novo recurso de portabilidade para autocaravanas, desde maio de 2022. Tem o custo de 80 euros por mês, com 350 euros para o equipamento. Permite pausar e reativar o serviço a qualquer momento, consoante as necessidades da viagem.

O que acontece se alcançar ou se ultrapassar o limite de dados, antes do final do mês?

Em alguns pacotes, a sua ligação de banda larga é interrompida quando atinge ou excede o limite de dados. Mas existem pacotes em que pode optar por atualizar para o tarifário acima, comprar pacotes adicionais de dados ou esperar pela data de atualização ou renovação dos dados. Verifique sempre estas condições antes de contratar.

Que outros serviços por satélite existem?

MEO e NOS têm ofertas através de satélite para o serviço de televisão (ou TV e Voz) e para pacotes com internet incluída:

  • MEO M4 ou NOS 4 (desde 51,99 euros por mês);
  • MEO M3 ou NOS 3 (desde 35,99 euros por mês);
  • MEO M2 TV e Voz ou NOS 2 Segunda Casa + Net (desde 27,99 euros por mês);
  • MEO M1 TV ou NOS Segunda Casa (desde 13,99 euros por mês) e NOS 1 (só internet — desde 24,99 euros por mês).

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.