Notícias

Rolos para pintar: a nossa seleção desde 3 euros

21 agosto 2014 Arquivado

Arquivado

Um bom modelo roda facilmente e espalha a tinta de forma homogénea sem pingar ou escorrer. Para conseguir um resultado impecável, não pode deixar marcas nem largar fibras.

Truques de artista

Para conseguir um bom resultado, prepare a superfície e limpe o material antes de utilizar. A tinta adere melhor numa parede seca e sem humidade. Repare fendas e tape buracos. As camadas finas de tinta não disfarçam as imperfeições. Após aplicar o produto adequado, uniformize a superfície com uma lixa.

Para pintar uma parede pela primeira vez ou com manchas, aplique o primário segundo as instruções e só depois a tinta nas camadas necessárias até obter uma cor homogénea. Para pintar por cima de uma tinta em bom estado, lave a parede com uma esponja, água e sabão. Nalgumas zonas, basta eliminar o pó.

O uso do primário melhora o resultado final.
O uso do primário melhora o resultado final.

Misture bem a tinta antes de deitá-la no tabuleiro. Pinte primeiro os cantos, rodapés e junto ao teto. Siga para a restante superfície. Comece por cima e aplique a tinta em áreas de um metro quadrado de cima para baixo. Entre cada demão, deixe secar o tempo recomendado na embalagem.

Para limpar o rolo, deixe escorrer a tinta para o tabuleiro e retire o excesso com papel de jornal. Lave o rolo com água quente, até saírem os restos de tinta. Deixe-o secar na vertical. Se sobrar tinta, feche bem a lata e guarde-a num local seco e fresco ou deposite os restos num ecocentro com recolha destes resíduos.