Notícias

Resíduos: já sabe onde vai cortar os seus 35 quilos por ano?

02 fevereiro 2016
Resíduos: já sabe onde vai cortar os seus 35 quilos por ano?

02 fevereiro 2016

Até 2020, temos de reduzir em 10% a nossa produção de lixo se quisermos atingir as metas do Plano Estratégico para os Resíduos Sólidos Urbanos, imposto ao nível europeu.

Início

O Plano Estratégico para os Resíduos Sólidos Urbanos (PERSU 2020) estabelece metas nacionais para reduzirmos a produção de resíduos. Duas delas resultam de diretivas comunitárias e incluem agora as Regiões Autónomas.

O objetivo é, em 2016, cada habitante não ultrapassar os 421 kg de lixo por ano, menos 35 kg do que em 2012. Em 2020, a média deverá ser de 410 kg/ano. É um plano ambicioso, mas não impossível. Aceite o desafio.

Em relação à quantidade de lixo produzida diariamente por habitante em 2012 (1,25 Kg), cada consumidor deve gerar menos 10 gramas/dia em 2016 e menos 13 gramas/dia em 2020.
Em relação à quantidade de lixo produzida diariamente por habitante em 2012 (1,25 Kg), cada consumidor deve gerar menos 10 gramas/dia em 2016 e menos 13 gramas/dia em 2020.

Pretende-se que esta redução dependa da mudança dos hábitos, e não da situação económica do país ou da quebra no consumo.

Em geral, verifica-se uma tendência para maior produção de resíduos em áreas fortemente urbanas, como Lisboa, Porto e arredores ou o sul do País. Se, nas áreas urbanas, este indicador pode ser justificado pela afluência diária de trabalhadores ou pelo estilo de vida da população, é difícil justificar alguns resultados, especialmente no interior alentejano.

Os orgânicos são os resíduos que mais produzimos. São constituídos, sobretudo, por restos de comida.
Os orgânicos são os resíduos que mais produzimos. São constituídos, sobretudo, por restos de comida.