Dicas

Herbicidas: fim das ervas daninhas com menos de 1 euro

01 abril 2013

Os herbicidas prontos-a-usar em spray ou grânulos para espalhar no relvado são práticos e eficazes, mas as soluções para diluir ficam mais baratas.

Segurança máxima

Os herbicidas são irritantes para a pele, os pulmões e os olhos. Proteja-se com máscara, luvas e roupa apropriada ao preparar e aplicar o produto, sobretudo se vai pulverizar ou regar.

Na versão concentrada, respeite a proporção indicada pelo fabricante. Use o copo-medidor fornecido ou uma seringa. Encha o vaporizador com um terço da água, adicione a dose de herbicida necessária e complete com o resto da água. Agite bem o vaporizador, mesmo ao longo da utilização, para garantir uma boa diluição e concentração de herbicida. Aplique apenas onde for necessário.

Para uma maior eficácia, escolha um período com temperatura amena (abaixo dos 25ºC), alguma humidade e luz. Em terrenos muito áridos, em dias quentes ou com previsão de chuva nas próximas 24 horas, adie a operação. Não use em relvados recentemente semeados ou plantados. Espere, pelo menos, 6 meses. Também não é indicado em relva muito rente, nem passar o corta-relva nos dias a seguir à aplicação.

Mantenha a embalagem fora do alcance das crianças. Cuidado com o local onde guarda os restos de herbicida e embalagens vazias. Não deite os restos na sanita nem deposite as embalagens no lixo comum ou ecoponto amarelo. Não passe a embalagem por água. Entregue a embalagem na loja onde comprou ou em locais apropriados.

Em caso de ingestão, inalação ou vaporização acidental para os olhos, ligue para o centro de informação antivenenos (808 250 143) e indique o produto e as substâncias que constam do rótulo. Lave os olhos com água limpa e não provoque o vómito.

www.valorfito.com: entregue a embalagem na loja onde comprou ou em locais apropriados.