Dicas

Ambientadores: prefira soluções caseiras para purificar o ar

27 janeiro 2017
Teste DECO a ambientadores

27 janeiro 2017

O uso de ambientadores sob a forma de velas, incensos e óleos essenciais para queimar pode comportar riscos para a saúde. Conheça algumas soluções caseiras para disfarçar odores desagradáveis.

Arejar a casa durante 10 minutos duas vezes por dia, mesmo no inverno, é a melhor forma de garantir um bom ambiente. Se houver maus odores, procure a sua origem e tente eliminá-la. Caso o cheiro persista, encha meia chávena com vinagre, ou ponha bicarbonato de sódio numa caixa, e deixe no local de origem.

Pode também criar o seu ambientador caseiro. Precisa apenas de um recipiente (de vidro, por exemplo), extratos e água. Ferva a água, coloque-a no recipiente, e adicione as essências, como quartos de limão, canela, cravinho, anis, gengibre, alecrim ou manjericão.

Para manter bom ar na habitação:

  • aspire regularmente o chão e as decorações têxteis. Sempre que possível, limite o uso de produtos químicos nas limpezas. As alcatifas, os tapetes e os cortinados tendem a acumular mais partículas prejudiciais;
  • não fume em casa, já que o tabaco é a principal fonte de contaminação do ar interior.
  • se possível, use madeiras naturais (não aglomerados prensados), tintas sem solventes e produtos à base de água;
  • evite ambientadores sintéticos. Os incensos e os óleos essenciais para queimar são especialmente nocivos. Caso não resista às velas aromáticas, utilize-as com moderação e ventile bem o espaço a seguir. Nunca use ambientadores na presença de bebés, crianças, idosos, pessoas alérgicas, asmáticas ou com outros problemas respiratórios.

Imprimir Enviar por e-mail