Como testamos

Tintas: como testamos

17 maio 2016
Parâmetros analisados no teste DECO PROTESTE a tintas.

17 maio 2016
Testamos o poder de cobertura, com e sem primário, de algumas tintas plásticas e de tintas de gamas mais baratas. Verificamos o número de demãos necessárias, o tempo de secagem e a resistência à lavagem; conheça todos os parâmetros do teste.
Selecionámos as tintas plásticas mais representativas do mercado e outras de uma linha mais barata, muitas vezes à venda nas grandes cadeias de distribuição.

Poder de cobertura

Testámos o poder de cobertura segundo a norma sem aplicação do primário numa superfície específica, e depois seguindo as instruções do fabricante, com a aplicação prévia de primário. Verificámos quantas demãos são necessárias até obter uma cobertura perfeita. Aplicámos as tintas com trincha e rolo.

Durante a aplicação, é essencial que a tinta não escorra e possa ser retocada sem se notar no fim. Verificámos o tempo de secagem. Também avaliámos a facilidade para misturar a tinta com espátula para obter uma consistência homogénea. As latas não devem conter ferrugem ou depósitos, nem libertar odores estranhos.

Resistência

Para a resistência à lavagem, aplicámos uma amostra de cada tinta num banco de ensaio e verificámos quantas passagens com esfregão aguenta. O teste prevê 200 passagens com esfregão abrasivo. Simulámos um envelhecimento acelerado. Submetemos todas as amostras a radiação ultravioleta, calor e humidade.

No final, para encontrar a Escolha Acertada, calculamos o preço médio por metro quadrado com base no rendimento sem primário até obter uma cobertura perfeita.

Imprimir Enviar por e-mail