Notícias

Preço da eletricidade em 2018: finte as mudanças e poupe

Eletricidade e gás combinados: um caso bicudo

Em breve, vamos divulgar a nossa análise aos contratos que combinam os serviços de eletricidade e gás. 

Alertamos que, com este tipo de contrato, as regras mudam um pouco. Caso queira cessar só a parte que diz respeito ao contrato de eletricidade e optar por tarifas equiparadas às transitórias, pode perder o desconto conseguido pela contratação do gás em simultâneo. Recomendamos que procure uma oferta específica para gás natural que seja vantajosa. O regresso às tarifas reguladas também deveria ser possível para o gás natural, como sempre defendemos, uma vez que os preços em mercado liberalizado são superiores ao do regulado. 

 Por exemplo, no caso da EDP Comercial a informação prestada aos atuais clientes duais menciona somente as alterações na componente elétrica, que são penalizadoras. Essa informação é insuficiente para uma opção informada, pois ao rescindir o contrato da componente “eletricidade” arrisca-se a perder o benefício no gás natural. É uma prática altamente questionável e viola, no nosso entender, o dever de informação sobre a  perda de benefícios normalmente associados a este tipo de contratos.