Notícias

Gás engarrafado: Governo vai definir preço de referência

23 abril 2014 Arquivado
Poupe na Botija

23 abril 2014 Arquivado

A definição de um valor de referência para o gás de botija pode levar a uma descida do preço do butano e do propano.

Após realizar um estudo aos preços do gás de botija, a Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC) concluiu que o preço mínimo do gás butano é 50% superior ao do gás natural. Constatou ainda que, apesar de, nos últimos três meses, ter havido uma quebra de 25% dos preços ao nível europeu, o mesmo não se verificou em Portugal. Por estas razões, a ENMC pondera avançar com a definição de um preço de referência para o gás de botija.

Em junho de 2013, publicámos um estudo aos preços do gás engarrafado onde constatámos que, em 2012, o gás butano custava quase o dobro do natural. Esta situação é muito penalizadora para os consumidores de gás de botija porque pagam cerca do dobro para aquecer a água da cozinha e do banho e ainda vêm o seu conforto afetado.

Congratulamo-nos, em teoria e no momento atual, com a definição de um preço de referência para o gás engarrafado. Embora se trate de um valor indicativo, e não obrigatório como o regulado, permite trazer uma maior transparência sobre a composição do preço desta energia e poderá ser uma forma de pressionar os comercializadores a descerem o custo das botijas.

A ENMC indicou que irá consultar as associações de consumidores, antes de avançar com um valor. Como sempre acontece, estamos ao inteiro dispor desta entidade e desde já garantimos que iremos procurar salvaguardar os interesses económicos dos consumidores.

Através do portal www.poupenabotija.pt, ajudamos os consumidores a encontrar o preço mais baixo na sua zona de residência e a descobrir se estão a usar o gás correto, com base no seu perfil de utilização.