Notícias

Galp Energia reconhece falha e devolve 820 euros

A maior parte da fatura recebida por Hélder Duque continha consumos prescritos em 2015. Questionámos a Galp Energia e a empresa admitiu o erro.

29 setembro 2017
Galp Energia reconhece falha e devolve 820 euros

4See | António Cunha

Hélder Duque, de Évora, recebeu uma fatura da Galp Energia no valor de € 1022,09, relativa a consumos de gás natural efetuados entre de outubro de 2016 e fevereiro de 2017. Se quer poupar na conta da energia, descubra o tarifário adequado ao seu consumo no nosso simulador.

Poupar na fatura da energia

 

Alarmado com a alta conta que tinha para pagar, Hélder analisou em detalhe a fatura. Acabou por perceber que, apesar de indicar aquele período de faturação, a fatura incluía consumos de junho de 2015 - ou seja, efetuados há quase dois anos. 

Hélder Duque pediu ajuda aos nossos serviços para reclamar o montante apresentado junto da Galp Energia.

Constatámos que parte significativa dos valores da fatura estavam prescritos. Hélder tinha legitimidade para invocar a prescrição de seis meses, ao abrigo da Lei dos Serviços Públicos Essenciais.

Questionámos a Galp Energia sobre o assunto e a empresa concordou com a reivindicação. Anulou o montante de € 820,24 relativo aos consumos prescritos. Hélder teve apenas de pagar os € 201,85 restantes, que dividiu em dez prestações.

Se tiver um conflito com uma empresa, apresente o caso na nossa plataforma Reclamar. Aí pode encontrar casos semelhantes de outros consumidores, que ajudem a resolver o assunto. Também é possível pedir a ajuda dos nossos especialistas.

Reclamar