Notícias

EDP vencida: contador avariado vale crédito de 253 euros

05 maio 2015 Arquivado
EDP vencida

05 maio 2015 Arquivado

O nosso associado António Fonseca, de Loulé, reclamou por valores abusivos devido a avaria no contador. Mas a EDP Comercial continuou a brindá-lo com faturas excessivas durante 4 meses.

Em novembro, António Fonseca, 53 anos, residente em Loulé, visitou a delegação da DECO no Algarve. Pediu a nossa intervenção num conflito com a EDP Comercial. António explicou-nos que a empresa emitiu durante 3 meses faturas com valores excessivos, mas estes foram provocados por avaria no contador que foi substituído.

Contador novo, faturas velhas
Apesar da troca de contador, o nosso associado continuou a receber faturas com somas astronómicas. Não perdemos tempo e entrámos logo em contacto com a empresa, para apresentar a situação e exigir uma explicação. Já em janeiro a empresa garantiu-nos que estava tudo esclarecido com o cliente.

Contactámos o consumidor para confirmar se a questão estava de facto bem resolvida. Insatisfeito com a demora, o leitor revelou-nos que não passaram das promessas falsas de emissão de uma nota de crédito: António foi contactado pela entidade reclamada, mas em fevereiro último o problema persistia. 

Afinal, segundo a EDP Comercial, nenhuma nota de crédito poderia ser emitida. A empresa argumentou que, apesar das anomalias detetadas, estas não tinham qualquer impacto nos valores exigidos na faturação. 

No terreno, voltámos ao ataque ainda em fevereiro para alertar e despertar a memória da empresa. Seis meses depois de o problema surgir, a empresa acabou mesmo por emitir a devida nota de crédito no valor de € 253,64 em nome do nosso associado. Só depois de garantir o acerto dos consumos devido à anomalia no contador, pudemos arquivar com sucesso este pedido de socorro.

Entretanto, o final do mercado regulado foi adiado. O Governo fixou uma nova data. A maioria dos consumidores no mercado regulado ainda não encontrou ofertas interessantes. Se não mudou, consulte o nosso simulador com a solução mais barata.


Imprimir Enviar por e-mail