Notícias

Plogging: exercício físico amigo do ambiente

Início

E se, enquanto corre ou faz uma caminhada, fizer pequenas paragens para recolher o lixo do chão das cidades, do campo ou das praias? Ao fazê-lo, estará a beneficiar a sua saúde, devido ao exercício físico, e o ambiente. Eis o mundo do plogging.

  • Dossiê técnico
  • Teresa Rodrigues
  • Texto
  • Ricardo Nabais e Alda Mota
24 setembro 2021
  • Dossiê técnico
  • Teresa Rodrigues
  • Texto
  • Ricardo Nabais e Alda Mota
Plogging

iStock

"Plogging", de plocka upp och springa, que poderia ser a divisa para esta atividade, surgida na Suécia. E é tão simples quanto a atividade que designa: “Apanha e corre”, se traduzirmos.

Tudo começou em 2016, quando um cidadão até então anónimo daquele país se mudou para Estocolmo e começou a recolher lixo nas ruas enquanto dava as suas corridas matinais. À expressão plocka upp, “apanha”, uniu a palavra inglesa jogging e criou um nome para esta atividade. Erik Ahlström, o tal cidadão anónimo que deixou de o ser, começou a partilhar a experiência através das redes sociais. Escusado será dizer que o fenómeno se tornou global pouco depois.

Conheça o Portal Mais Sustentabilidade

Portugal não escapou à tendência, que se foi afirmando rapidamente. Sozinhos ou acompanhados, em iniciativas organizadas ou em passeios solitários informais, a correr ou a caminhar, muitos já se dedicam a esta nova forma de exercício. João Pinto, 39 anos, gere a página de Facebook Plogging Portugal. Começou quando ia passear o cão na localidade onde vivia, próxima de Vila Real.

Exercício completo enquanto se recolhe o lixo

Corrida ou caminhada são a forma preferida de exercício dos ploggers em geral. Mas a atividade também pode fazer-se de bicicleta ou de skate.

Em qualquer das formas, completa-se com agachamentos e, à medida que a quantidade e o peso do lixo recolhido aumentam, com o esforço devido ao carregamento de peso.

A simplicidade e a vertente grátis parecem ser o segredo do sucesso: para começar, basta roupa cómoda e a escolha de um bom local. Pode recorrer até à nossa plataforma Fitmap, que lhe permite escolher mais de 1500 espaços ao ar livre.

Os benefícios para a saúde e para o ambiente fazem do plogging uma modalidade em que se ganha... e ganha: é benéfica individual e coletivamente. Ou, como disse Ahlström em entrevista à agência de notícias Reuters, “o plogging queima mais calorias do que uma corrida normal – temos de nos baixar e agachar, é bom para as pernas e ficamos com um corpo mais em forma”.

O site oficial enumera cinco grandes benefícios desta atividade: a saúde e o exercício, a redução dos resíduos de plástico em terra (e no mar, em consequência desse esforço), a proteção da vida animal, a redução dos custos sociais provocados pelo excesso de resíduos, e uma sociedade mais segura. Cinco motivos de sobra, poderíamos acrescentar, para começar. Ou, pelo menos, tentar. Podemos não mudar o mundo, mas talvez consigamos correr com o lixo, pelo menos, com aquele que povoa a nossa comunidade.

Plogging para iniciantes

  • Faça-o em grupo;
  • Leve roupa e calçado adequados, luvas com revestimento de borracha e um saco. Ao recolher os resíduos do chão, faça agachamentos ou flexões com uma só perna, que ajudam a melhorar a mobilidade do quadril, dos adutores e dos tornozelos. Troque o saco do lixo de lado com frequência, para evitar contraturas;
  • Faça corridas rápidas e curtas; uma dinâmica de competição entre ploggers também pode ser divertida. Pode fazê-lo em caminhadas, corridas, de skate, de bicicleta...;
  • Partilhe a atividade: as redes sociais são uma forma de inspirar outras pessoas e ajudar a difusão do movimento. Pode tirar fotos das sessões e publicá-las com o hashtag #plogging.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.