Notícias

Para que servem as quotas de condomínio

09 março 2016
quotas de condomínio

09 março 2016

A atribuição de quotas num condomínio não é um assunto consensual. No entanto, estas são essenciais para o bom funcionamento do prédio que habita e até do seu próprio apartamento.

Muito semelhante à gestão mensal de um orçamento familiar, o condomínio também precisa de ser orientado para fazer face às despesas. Neste caso, são os moradores que têm a função de fazer este equilíbrio entre receitas e despesas. 

As quotas são o lado positivo do orçamento do prédio, que provêm dos condóminos e que servem para fazer face a despesas e para manter o bom funcionamento do edifício. São definidas de acordo com a permilagem, ou seja, tipicamente, os apartamentos maiores pagam mais quota. Caso o condomínio assim o decida, também se pode pagar em partes iguais.

Uma parte do valor da quota, definida num mínimo de 10%, deve reverter para o Fundo Comum de Reserva, uma espécie de poupança para acudir em situações inesperadas. Esta percentagem tem por objetivo principal a conservação do edifício a médio prazo.

Para definir o valor da quota total, precisa de saber quais as despesas e receitas do prédio, mas também como fazer todos os cálculos para que o valor seja o mais justo e baixo possível. Saiba tudo no portal Condomínio DECO+ .


Imprimir Enviar por e-mail