Notícias

Gerir as contas do condomínio com cinco dicas

28 abril 2017
dicas para gerir bem as contas do condomínio

28 abril 2017
No orçamento, inclua todas as despesas e receitas do condomínio. Antecipe a necessidade de obras e coloque parte do valor das quotas no Fundo de Reserva Comum.

Gerir as contas de forma eficaz é importante para manter a ordem no condomínio e na relação entre os vizinhos. Reunimos cinco dicas que ajudam o administrador a fazer e acompanhar o orçamento.

  1. Elabore o orçamento no início de cada ano e, no final, faça o fecho das contas. Depois, convoque uma assembleia de condóminos para apresentar os resultados. O orçamento anual deve incluir todas as despesas do condomínio, receitas e estimativas de gastos relevantes para a execução do próximo ano de administração.
  2. Avalie o valor de alguns gastos fixos e veja se é preciso equilibrar as contas. Por exemplo, analise se é mais barato manter a empregada de limpeza ou contratar uma empresa para a prestação desse serviço.
  3. Verifique as condições do edifício, para prever a necessidade de eventuais obras de manutenção e quantificá-las no orçamento. Desta forma, poderá considerar um valor extra na quota mensal dos condóminos.
  4. Não se esqueça de colocar parte das quotas no Fundo Comum de Reserva, que é obrigatório. Este Fundo deve corresponder, no mínimo, a 10% do valor da quota estipulada. Uma quota mensal de € 20 euros deve contribuir com 2 euros. Assim, o valor mensal da quota deverá ser de 22 euros.
  5. Mantenha os documentos organizados ao longo do ano. Pode arrumar em pastas, por categorias e numerados. Por exemplo, uma pasta para as faturas dos produtos de limpeza, outra para os papéis do seguro, outra para os recibos das quotas, etc. Também pode manter os registos num ficheiro Excel ou num software de gestão de condomínios.

Acompanhar o pagamento das quotas e das despesas correntes também é importante. Conheça todas as nossas dicas para melhorar a gestão financeira do condomínio.


Imprimir Enviar por e-mail