Notícias

Churrascos em apartamentos sem afetar a vizinhança

07 setembro 2016
Saiba a que regras tem de obedecer e que precauções tomar para fazer um churrasco sem perturbar os seus vizinhos.

07 setembro 2016
A lei proíbe a realização de churrascos, caso estes prejudiquem os vizinhos. Conheça as regras a que deve obedecer antes de pôr a comida na grelha e alguns truques para o fazer no seu prédio sem incomodar os restantes condóminos.
A lei proíbe a emissão de fumo, fuligem, vapores, cheiros, calor e ruídos, entre outras ações, caso estas prejudiquem os vizinhos. Por “vizinhos”, entende-se não só os condóminos com quem partilha o prédio, mas também todas as pessoas nas redondezas que possam ser afetadas.

Assim, quem reside num apartamento com varanda ou terraço tem direito a fazer churrascos, desde que não incomode os restantes vizinhos nem viole as normas do condomínio. Se o regulamento do condomínio proibir a prática, terá de lhe obedecer.

Quando o prédio dispõe de uma área comum específica para fazer churrascos, é esse o sítio indicado para grelhar a comida. Nesse contexto, deve procurar soluções para que o fumo e os cheiros não incomodem os restantes residentes. Caso a sua fração já possua uma churrasqueira fixa, placas de vidro temperado nas laterais evitam que o fumo e o cheiro se espalhem pelo apartamento e arredores.

Se deseja instalar uma churrasqueira permanente no seu terraço ou varanda, tem de ter em conta as questões estéticas. Caso afete a linha arquitetónica ou arranjo estético do edifício, esta instalação dependerá sempre da autorização prévia da assembleia de condóminos, aprovada por maioria representativa de dois terços do valor total do prédio.

Embora originais, os churrascos à janela são desaconselhados, pois apresentam grande probabilidade de incomodar os vizinhos. Os grelhadores elétricos são os equipamentos mais aconselháveis, porque produzem menos fumo. Se não quer abdicar do uso de carvão, escolha grelhas que impeçam que a gordura caia sobre as brasas.

Para mais dicas sobre este tema ou outros do seu condomínio, dirija-se ao portal Condomínio DECO+.

Imprimir Enviar por e-mail