Alertas

Mais um esquentador com falhas graves de segurança

03 março 2017 Arquivado
esquentadores perigosos

03 março 2017 Arquivado
Detetámos fugas de gases de combustão num novo esquentador atmosférico de exaustão natural. É mais um a juntar-se a uma lista de sete modelos que foram testados no final do ano passado e que se revelaram potencialmente perigosos.
 

Há mais um esquentador de exaustão natural à venda – os mais comuns nos lares portugueses - que não cumpre as normas de segurança. Detetámos fugas de gases queimados no modelo ASPES ACL-100E2B acima do limite máximo admissível na cúpula. Isto significa que estes gases –  potencialmente fatais – são libertados para a divisão onde o esquentador está instalado, em vez de serem escoados pela chaminé do equipamento.

O ASPES ACL-100E2B foi adquirido nos locais habituais de comercialização (como sempre nos nossos testes) e encaminhado para um laboratório acreditado, para o teste de segurança que permite identificar as fugas.

Este esquentador é em tudo semelhante a outros modelos que testámos no final do ano passado e que se revelaram potencialmente perigosos.

O modelo ASPES ACL-100E2B apresentou a mesma falha de segurança e, por essa razão, não deveria estar disponível para venda. Denunciámos a situação à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e reivindicamos maior fiscalização sobre os produtos presentes no mercado, para garantir o cumprimento das normas exigíveis. É preciso uma intervenção rápida que ateste que estes aparelhos não continuam à venda e uma solução para garantir a segurança dos consumidores que já têm este esquentador instalado nas suas casas. 

 

Please fill the source and the alt text 
ASPES ACL-100E2B