Notícias

Humidade em casa: renove o ar antes de abrir a carteira

21 novembro 2013
Renovar o ar

21 novembro 2013

O nosso leitor Ricardo Saraiva, de Oeiras queixa-se de que, durante o último inverno, os problemas de humidade na sua casa acentuaram-se, com manchas nas paredes e até na mobília. Questiona como pode resolver.

O problema de humidade em casa pode ter diferentes origens que deve verificar. Caso se trate de humidade de condensação, a melhor solução passa por promover uma maior e melhor renovação do ar do interior da casa.

Abrir com frequência as janelas e instalar ventiladores ou extratores nas condutas de ar da casa de banho e nalgumas janelas (de preferência, em fachadas opostas) pode facilitar a renovação de ar. Pode ainda equacionar substituir a caixilharia tradicional por caixilharia com ventilação integrada e instalar grelhas nas portas interiores.

Se vive numa zona com humidade relativa no ar muito elevada, reforçe a renovação do ar com unidades de tratamento de ar ou aparelhos de ar condicionado. Além de aquecerem ou arrefecerem, esse tipo de equipamentos consegue reduzir o vapor de água no ar.

Verifique se existe alguma fonte de infiltração de água, associada a uma deficiente instalação de janelas ou de portas, que permita, por exemplo, a entrada de água da chuva.

No interior da casa, os revestimentos pouco respiráveis, como “membrana” plástica, provocam a acumulação de humidade no interior. Remover a membrana e utilizar tintas aquosas antifúngicas, por exemplo, pode ajudar. Existem até aditivos antifúngicos que pode adicionar a qualquer tinta plástica.

Se utilizados com frequência, alguns equipamentos são uma fonte adicional de humidade: secadores de roupa, sistemas de aquecimento central ou estufas catalíticas a gás butano ou querosene (estas últimas produzem uma enorme quantidade de vapor de água durante o funcionamento).

Nenhuma destas soluções elimina totalmente a humidade, mas permitem reduzir a condensação e saber se o problema exige uma mudança estrutural e de maior investimento.


Imprimir Enviar por e-mail