Notícias

$name

De acordo com o Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos, apenas 16 das 57 albufeiras nacionais monitorizadas apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% da sua capacidade. Seis encontram-se abaixo dos 40 por cento.

As águas subterrâneas são um recurso natural imprescindível para a vida e para a integridade dos ecossistemas, representando mais de 95% das reservas de água doce exploráveis do globo. Em Portugal, 44% deste bem para consumo humano é de origem subterrânea e provém da alimentação direta dos rios e lagos, mas também da chuva, que este ano tardou em chegar. Perante este cenário de seca, é fundamental repensar a disponibilidade da água, tendo em conta as melhores práticas para o seu uso sustentável.

Para isso, mude os hábitos de consumo e adapte ou altere equipamentos, tornando-os mais eficientes. Ao adotar gestos económicos, uma família de 3 pessoas pode gastar cerca de 300 mil litros a menos por ano, o equivalente a 60 mil garrafões de 5 litros ou a 7 piscinas cheias de 4 metros de largura por 7 de comprimento e 1 metro e meio de altura.