Dicas

Termoacumulador à medida: como escolher

15 fevereiro 2016
Escolher um termoacumulador

15 fevereiro 2016

A nossa associada S.C. tem dúvidas sobre a escolha de um termoacumulador elétrico: para 3 pessoas, quantos litros de capacidade deve ter o equipamento e quais as características mais importantes.

Para escolher a capacidade do termoacumulador, considere o consumo de 40 litros de água quente (a cerca de 65ºC) por cada elemento da família, por dia. O consumo diário pode ser afetado por outros fatores, como a preferência por banhos de imersão ou periodicidade de banhos.

Existem modelos de várias capacidades, como 100, 120 ou 150 litros. No caso da nossa associada, sem mais dados sobre os hábitos de consumo, aconselhamos um modelo de 120 ou 150 litros, no mínimo. É preferível ter um equipamento maior, pois, se o termoacumulador ficar vazio, demorará algumas horas a reaquecer a água.

Materiais mais resistentes
O material da cuba ou reservatório deve ser o mais imune possível à corrosão. Em teoria, os modelos com cuba de cobre são mais resistentes do que as cubas em ferro e aço. Os últimos devem estar munidos de um sistema de prevenção da corrosão, composto, geralmente, por um ânodo de magnésio.

A cuba dos termoacumuladores é isolada para manter a água quente o maior tempo possível. Regra geral, quanto mais espesso for o material do isolamento, melhor.

Quanto mais potente a resistência elétrica, mais rápido o aquecimento da água à temperatura selecionada. Mas confirme a potência disponível no seu quadro elétrico. Pode ter de contratar uma potência mais elevada de eletricidade.

O termoacumulador é uma opção económica, se utilizar a tarifa bi-horária de eletricidade. Com um programador de tomada (incluído nos controladores de alguns modelos), poderá programar a ativação do termoacumulador para o horário de vazio, à tarifa mais barata.

Para um funcionamento correto e seguro, estes equipamentos precisam de uma manutenção anual ou de acordo com o indicado pelo fabricante. Verifique os custos desta operação e opte por marcas que tenham representação na sua área de residência. Manutenções reduzidas ou deficientes podem afetar a longevidade dos aparelhos.