Dicas

Água engarrafada: como decifrar o rótulo

15 março 2018 Arquivado
Como decifrar o rótulo da água engarrafada

Arquivado

Nem sempre entendemos o que dizem os rótulos. Descodifique os da água engarrafada e saiba que os principais minerais e algumas substâncias indesejáveis, como os nitratos, têm de lá estar.

Bem comprar e guardar

Prefira águas menos mineralizadas. Para conhecer o teor em minerais, consulte a mineralização total nos rótulos ou o valor do resíduo seco. Em geral, as águas sem gás são menos mineralizadas. Nas versões com gás, passa-se o oposto. A mineralização não apresenta inconvenientes para a saúde mas, em caso de uso frequente, é preferível optar por águas menos mineralizadas. Saiba que algumas são naturalmente gaseificadas enquanto outras resultam da adição de gás carbónico. 

Compre em locais com renovação frequente de embalagens como num super ou hipermercado e varie de marca. Verifique se a água se encontra ao abrigo do calor e da luz e tenha o mesmo cuidado em casa. Guarde-a num local limpo, seco e fresco.

Consuma-a até 2 ou 3 dias após a abertura. Não beba pela garrafa. Como as batérias se desenvolvem em meio líquido à temperatura ambiente e a água engarrafada não é tratada, há perigo das batérias presentes na boca contaminarem a bebida. 

Água da torneira sem sabor

Se a água da torneira souber a cloro, agite-a e deixe-a arejar algumas horas num jarro no frigorífico, ou junte-lhe algumas gotas de limão. 

Não se justifica gastar dinheiro com filtros de água: em Portugal, a qualidade da água da torneira é boa.