×

Cookies

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.

A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela DECO PROTESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

 

Saber mais

Bastam

Exija a reposição do IVA a 6%* na energia doméstica

*5% na Madeira e 4% nos Açores

exigem o IVA reduzido da energia


Em 2018, entregámos uma carta aberta aos partidos com assento parlamentar, onde exigimos a reposição do IVA reduzido da eletricidade, do gás natural e gás engarrafado.

O Governo baixou o imposto, mas com limitações. A redução incide apenas sobre uma pequena parte da fatura de eletricidade e gás natural (as tarifas de acesso nos termos fixos). Na eletricidade, só estão abrangidos os contratos até 3,45 kVA. E o gás engarrafado, usado por 70% das famílias portuguesas, fica excluído da baixa do IVA.

Não aceitamos uma decisão que não responde à realidade da maioria das famílias portuguesas e tem um impacto irrisório na fatura. Por isso, não desistimos e vamos mais longe: queremos que o tema seja considerado uma prioridade na próxima legislatura.

Vamos entregar aos partidos políticos uma reivindicação para que incluam o IVA mínimo da energia doméstica nos programas eleitorais para as próximas legislativas.

Junte-se à reivindicação Bastam 6.

Continuamos a exigir a taxa reduzida de IVA em todas as energias domésticas, em todos os componentes da fatura e para todos os consumidores

Simule o seu cenário familiar

Veja a diferença entre o que poupa por ano com a medida do Governo, e quanto poderia poupar com a nossa reivindicação. Basta indicar a potência e o escalão de gás da sua casa.

REGIÃO

ELETRICIDADE

GÁS

POUPANÇA COM A MEDIDA DO GOVERNO

0 €

POUPANÇA COM A NOSSA REIVINDICAÇÃO

0 €

8 anos de reivindicação

IVA passa para a taxa máxima em todas as energias domésticas, no âmbito do programa de assistência financeira da troika.

Segundo pacote de cortes nas rendas da energia. Objetivo: poupar € 1.400 milhões a longo prazo.

Primeiro-ministro Pedro Passos Coelho anuncia a “saída limpa” do programa de resgate financeiro.

Relatório da Comissão Europeia alerta para o nível de pobreza energética em Portugal, relacionado com os preços elevados da energia. Relatórios anteriores já identificavam este problema.

Lançamento da ação Bastam 6.

DECO reúne com os grupos parlamentares para apresentar as reivindicações subscritas por 70 mil participantes na ação Bastam 6.

Orçamento de Estado 2019 inclui o IVA reduzido para os termos fixos da eletricidade até 3,45 kVA e do gás natural.

Bruxelas autoriza redução do IVA da eletricidade e do gás natural para a taxa mínima nos termos fixos.

Rede Europeia de Ação Climática revela que Portugal é um dos países da UE mais afetados pela pobreza energética.

Aprovado o diploma que reduz o IVA para a taxa mínima na eletricidade e no gás natural, clarificando que se aplica somente à componente de acesso às redes englobada nos termos fixos.