Alertas

Base Isofix da cadeira Kiros i-Size da Chicco reprova no teste

A base Isofix para a cadeira de bebé Kiros i-Size da Chicco reprovou nos nossos testes laboratoriais. Em caso de impacto frontal ou lateral, o assento pode desprender-se, expondo as crianças ao risco de lesões. Se tem este equipamento, contacte a marca para proceder à recolha do produto.

  • Dossiê técnico
  • Alexandre Marvão e António Souto
  • Texto
  • Ana Rita Costa e Filipa Nunes
13 abril 2021
  • Dossiê técnico
  • Alexandre Marvão e António Souto
  • Texto
  • Ana Rita Costa e Filipa Nunes
Cadeira Kiros i-Size da Chicco

A base Isofix para a cadeira de bebé Kiros i-Size da Chicco não é segura. Em causa está um problema com o sistema de fixação do assento à base, como confirmámos nos nossos testes de laboratório.

Durante os testes de colisão, esta base da Chicco, comercializada em Portugal, apresentou alguns problemas críticos: em caso de impacto frontal ou lateral, a base Isofix da Kiros i-Size não garante a fixação adequada para a cadeira, podendo desprender-se. A falha compromete a segurança das crianças a bordo e, por isso, recomendamos que apenas use a cadeira presa com os cintos de segurança do carro e deixe de utilizar a base Isofix. Se ainda não foi contactado pela marca, entre em contacto com o fabricante para proceder à substituição gratuita da base.

 

Como saber se o modelo que comprou tem este defeito

A Chicco já indicou como podem os consumidores identificar as bases Isofix com este defeito:

  • o defeito inclui apenas os modelos distribuídos entre julho de 2020 e abril de 2021;
  • as unidades envolvidas podem ser identificadas através das duas etiquetas existentes na base (ver figura abaixo) que indicam o número de aprovação 030059 na etiqueta laranja (A) da parte superior da base e a data de produção (DOM: AAAA-MM-DD) no rótulo branco (B) na parte inferior da base (as unidades envolvidas foram produzidas entre 23/11/2019 e 19/11/2020).

Etiquetas da base da cadeira Kiros i-Size da Chicco 
As unidades com defeito podem ser identificadas através das etiquetas existentes na base.

Marca já está a recolher a base com defeito

Informámos a Chicco sobre a falha na base Isofix e a marca foi rápida a responder, comprometendo-se a recolher todas as bases com defeito e a substituí-las por outro modelo. A Chicco portuguesa (Artsana Portugal) revela que foram colocadas no mercado nacional 150 unidades desta base e que os consumidores que as adquiriram já estão a ser contactados para serem informados da situação e para se proceder à recolha deste produto.

O que fazer se tiver uma base Isofix

Enquanto a marca não lhe entregar uma base que garanta a estabilidade da cadeira Chicco Kiros i-Size, não utilize a base Isofix. Se mesmo assim precisar de usar a cadeira, prenda-a com o cinto de segurança do carro. O teste que efetuámos confirma que esta cadeira, ao contrário da base, garante uma boa proteção em caso de acidente: o assento é seguro desde que o cinto de segurança esteja posicionado corretamente.

Teste de segurança à cadeira Kiros i-Size da Chicco com cinto de segurança 
Com cinto de segurança, a cadeira Chicco Kiros i-Size garante uma boa proteção em caso de acidente.
Se tem uma base Isofix e ainda não foi contactado pela marca, contacte o serviço de apoio ao consumidor da Chicco através da linha verde gratuita 800 20 19 77 ou através do e-mail pt.info@artsana.com.

Testamos todos os tipos de cadeiras auto para crianças para ajudar a comprar o melhor e a viajar em segurança.

Comparar resultados de cadeiras auto

 

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.