Notícias

Bicicleta, trotinete e renting automóvel conquistam os novos “exploradores” da cidade

Fernando não larga a bicicleta elétrica. Sandra está encantada com a trotinete. Álvaro e Inês estão satisfeitos com o renting automóvel. Mais de 3 mil consumidores já aproveitaram as condições especiais no nosso portal Mais Mobilidade.

  • Texto
  • Nuno César
22 julho 2020
  • Texto
  • Nuno César
Homem com bicicleta elétrica Neomouv

4 See/Sérgio Azenha

Fernando Correia tem 56 anos e um “novo amor”. Desde dezembro do ano passado, quando recebeu em casa a nova bicicleta elétrica, já pedalou centenas de quilómetros. “Apesar de estar em teletrabalho desde março, até ao momento já fiz mais de 800 quilómetros de puro prazer”, conta este professor do ensino secundário, que resolveu investir 1443 euros numa e-bike da Neomouv.

Quero mais e melhor mobilidade

Fernando, que vive em Viseu, foi um de 72 consumidores que se registaram no portal Mais Mobilidade e aproveitaram a compra coletiva da DECO PROTESTE, que se aliou à Kit E-bike, para adquirir esta bicicleta com 10% de desconto. A decisão, garante, compensou: “É muito agradável andar de bicicleta. Temos muitas horas de sol e tempo seco que podemos aproveitar. Não há engarrafamentos de trânsito, consigo circular em caminhos alternativos, encurtando o percurso em tempo e distância e é ambientalmente mais sustentável e fisicamente mais benéfico para a saúde.”

 Fernando Correia, 56 anos, professor, com o seu novo amor: a bicicleta elétrica Neomouv 
Fernando Correia, 56 anos, professor, com o seu "novo amor": a bicicleta elétrica Neomouv.

E se antes se deslocava sobretudo de carro, hoje Fernando recorre à bicicleta, para ir trabalhar e não só. “Inclusive para ir às compras, que facilmente transporto no suporte de carga atrás do selim”, conta. À exceção do trajeto casa-trabalho, que é “praticamente plano”, os percursos são típicos da Beira Alta, com “grandes desníveis”, mas isso não é um problema. Para este consumidor, “o facto de ter assistência elétrica permite um uso mais generalizado, em deslocações mais longas e em percursos mais acidentados e com maiores inclinações.”

A manutenção, diz, não tem sido motivo de preocupação. “Limito-me a verificar a pressão dos pneus e a carregar a bateria.”

“Poupo tempo e poupo o ambiente”

Sandra Martins soube desta iniciativa pelo Facebook. Procurava uma trotinete. A operação Trotinete com desconto conta com 286 consumidores registados. “Quando estou no turno da tarde, é muito complicado conseguir estacionamento perto da fábrica. Entretanto, vi uma colaboradora com uma trotinete e pensei «porque não?!» Fiz contas e achei uma boa ideia, pois vivo a dois quilómetros do trabalho”, conta a engenheira, de 39 anos, que mora em Oliveira de Azeméis. A pandemia também influenciou a decisão. “Com a covid-19, seria uma boa solução ecológica. Poupo tempo e poupo o ambiente”.

Sandra Martins, 39 anos, engenheira, viaja todos os dias com a trotinete Xiaomi. 
Sandra Martins, 39 anos, engenheira, viaja todos os dias com a trotinete Xiaomi.

A experiência, diz, tem sido “maravilhosa”. Todos os dias, lá vai ela na Xiaomi Mi Scooter M365 – que lhe custou 357 euros – para o trabalho. E também a usa nos tempos livres. “Os trajetos são variados. Os mais planos são os mais acidentados. Agora que já chegou o capacete de oferta, já arrisco andar nestes.” Hoje, Sandra só pega no carro ao fim de semana ou para fazer viagens mais longas. Se compensa? “Muito. Compensa pelo facto de não andar às voltas para estacionar. E também poupo em combustível.”

Contrato de renting inclui manutenção

Há quem não possa abdicar das quatro rodas. Inês Abreu precisava de um renting automóvel para uso empresarial e aproveitou a ação da LeasePlan com a DECO PROTESTE. Esta gestora, de 37 anos, paga 235 euros por mês pelo contrato, que inclui manutenção e 15 mil quilómetros anuais. “O investimento compensa, porque os custos são deduzidos como despesa da minha atividade profissional”, garante. Inês vive em Lisboa e utiliza o Seat Arona, para deslocações casa-trabalho e idas mensais ao Alto Alentejo (por motivos profissionais), e também em lazer, para viagens turísticas de norte a sul do País.

Álvaro Vahia, 61 anos, auditor, conduz Nissan Qashqai, que contratou via renting com a nossa ajuda. 
Álvaro Vahia, 61 anos, auditor, conduz Nissan Qashqai, que contratou via renting com a nossa ajuda.

Álvaro Vahia também está satisfeito com o serviço. Este auditor, de 61 anos, tinha três viaturas, mas, entretanto, vendeu uma, mais antiga, e decidiu contratar um renting, por considerar mais conveniente. “As vantagens são várias, pois o contrato inclui todas as despesas com a viatura, seguro, manutenção, imposto de circulação e substituição, se necessário. Tenho apenas de me preocupar com o combustível e em estimar o carro”, conta, acrescentando que “o contacto com a LeasePlan é bastante acessível e rapidamente é resolvida qualquer situação”. Álvaro vive em Sintra e usa o Nissan Qashqai para deslocações de trabalho, em Lisboa e arredores, e também em lazer. Continuamos atentos ao mercado e a renovar as propostas de automóveis no portal Mais Mobilidade sempre que descobrimos negócios mais vantajosos. Mais de 3 mil consumidores já se registaram para beneficiar do renting negociado pela DECO PROTESTE. O portal Mais Mobilidade é gratuito: aqui pode beneficiar de compras coletivas, juntar-se a ações reivindicativas e consultar a melhor informação ao serviço do consumidor. Transportes públicos, carros, bicicletas, trotinetes, scooters e motas elétricas: juntámos tudo o que faz a diferença para saber como se deslocar e aumentar a eficiência de cada viagem.

Comunidade Mobilidade para todos

Siga viagem com as novidades e as vantagens do portal Mais mobilidade: carro novo sem preocupações, bicicletas, motas e trotinetes elétricas com desconto, informação independente e comunidade de consumidores. Da bicicleta ao carro 100% elétrico, passando pelos transportes públicos em tempo de covid-19 e os passes sociais, sem esquecer as plataformas de partilha: pergunte-nos tudo na comunidade e partilhe dúvidas e experiências.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

Num Mundo complexo e com informação por vezes contraditória, a DECO PROTESTE é o sítio certo para refletir e agir.

  • A nossa missão exige independência face aos poderes políticos e económicos. 
  • Testamos e analisamos uma grande variedade de produtos para garantir que a escolha dos consumidores se baseia em informação rigorosa. 
  • Tornamos o dia-a-dia dos consumidores mais fácil e seguro. Desde uma simples viagem de elevador ou um desconto que usamos todos os dias até decisões tão importantes como a compra de casa.
  • Lutamos por práticas de mercado mais justas. Muitas vezes, o País muda com o trabalho que fazemos junto das autoridades e das empresas. 
  • Queremos consumidores mais informados, participativos e exigentes, através da informação que publicamos ou de um contacto personalizado com o nosso serviço de apoio.

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Faça parte desta comunidade.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.