Primeiras impressões

VW e-up: já conduzimos o primeiro carro elétrico da marca

18 junho 2014 Arquivado

18 junho 2014 Arquivado

O VW e-up é 100% elétrico, ágil, espaçoso à frente e seguro. Com a promessa de “nenhuma emissão, toda a diversão”, o VW e-up chega este mês às estradas nacionais. Custa desde 25 700 euros.

Início

VW e-up e VW e-Golf: a marca lança este verão os seus primeiros carros elétricos nos standes nacionais. O carro conta com 2 anos de garantia e a bateria com 8 anos de garantia. Já testámos o VW e-Up em laboratório e assistimos à antestreia em território nacional. Na frota elétrica da marca, segue-se o e-Golf, cujo preço rondará os 38 mil euros.
Com motor elétrico e 82 cavalos, o VW e-up custa desde 25 700 euros.
Com motor elétrico e 82 cavalos, o VW e-up custa desde 25 700 euros.
O VW e-Golf é um carro elétrico muito bom. Custa desde 38 mil euros.
O VW e-Golf é um carro elétrico muito bom. Custa desde 38 mil euros.

O VW e-up é um dos melhores carros elétricos que já testámos. Com uma autonomia limitada a 165 quilómetros, falha no ponto crítico da era da mobilidade elétrica. Mas neste campeonato consegue bater o Renault Zoe e o BMW i3. O preço parece elevado para um carro tão pequeno, mas é o mais baixo da família dos elétricos face às propostas com bateria no custo final.

Serve na perfeição para os trajetos da cidade, o seu palco principal.
Serve na perfeição para os trajetos da cidade, o seu palco principal.

O VW e-up revela um bom desempenho ao enfrentar o trânsito da cidade. A condução elétrica é muito ágil e promissora. Com uma velocidade máxima de 130 km/h, o VW e-up não foi concebido para ritmos elevados em autoestrada.

VW e-up vs Golf GTI: nos 100 metros a fundo, o elétrico bate o ícone desportivo.
VW e-up vs Golf GTI: nos 100 metros a fundo, o elétrico bate o ícone desportivo.

Veja o vídeo do nosso teste com 1000 medições em cada carro.