Primeiras impressões

Renault Zoe: 100% elétrico, mas só para algumas carteiras

01 dezembro 2013 Arquivado

Arquivado

O Renault Zoe chega este mês aos standes nacionais e nós já o conduzimos. O novo automóvel 100% elétrico da Renault satisfaz no conforto e impressiona na segurança. Mas prepare-se para fazer contas.

Revolução multimédia

O Renault Zoe exibe soluções inovadoras para uma utilização mais simples. Está equipado de série com o R-Link, um sistema multimédia com acesso à Internet. Noutros modelos da marca, é servido como opcional por quase 600 euros. Para evitar a utilização de múltiplos aparelhos portáteis, o Renault R-Link agrupa as funções multimédia, como a navegação, rádio, telemóvel e aplicações. O R-Link inclui ainda dicas para minimizar o impacto no ambiente e aumentar a autonomia.

Pode consultar, em tempo real, o histograma do consumo, os fluxos entre a bateria e o motor, o sistema de ar condicionado e o aquecimento. O serviço My Z.E. Connect permite, onde quer que esteja, consultar, no smartphone, informação sobre o carro: nível de carga, autonomia e tempo para a carga completa, entre outros.

O mapa apresenta uma esfera com o raio de ação do Zoe. Ao inserir o destino, sabe se tem autonomia para o alcançar.
O mapa apresenta uma esfera com o raio de ação do Zoe. Ao inserir o destino, sabe se tem autonomia para o alcançar.
O monitor TFT do painel exibe o nível de carga e a autonomia. Pode comandar as operações no ecrã tátil de 18 centímetros.
O monitor TFT do painel exibe o nível de carga e a autonomia. Pode comandar as operações no ecrã tátil de 18 centímetros.