Primeiras impressões

BMW i3: o primeiro automóvel 100% elétrico da marca

31 dezembro 2014 Arquivado

Arquivado

O BMW i3 passou com boas notas na nossa prova. Revela um ótimo desempenho na estrada, mas apenas garante 145 quilómetros de autonomia. Com 4 estrelas no teste de colisão, surpreende ao falhar a pontuação máxima.

Primeiras impressões

Versão testada

  • BMW i3, automóvel 100% elétrico.
  • Motor com 170 cavalos.
  • Bagageira com 205 litros ou 435 litros com os bancos rebatidos.
  • Consumo médio medido de 16,7 kWh aos 100 quilómetros, equivalente a € 2,35 ou € 1,47 com tarifa bi-horária em vazio.
  • Preço a partir de 38 250 euros.
A chegar ao laboratório para o exame a mais de 300 critérios.
A chegar ao laboratório para o exame a mais de 300 critérios.
Pontos fortes e fracos
Ponto forte Espaçoso à frente
Ponto forte Muito fácil de conduzir e manobrar
Ponto forte Ótimo desempenho na estrada
Ponto fraco Bagageira pequena
Ponto fraco Reduzida autonomia (145 km)
Ponto fraco Custo elevado
Da cidade para o campo: o BMW i3 revelou autonomia para 145 quilómetros.
Da cidade para o campo: o BMW i3 revelou autonomia para 145 quilómetros.