Primeiras impressões

Automóveis mais inteligentes em 5 tendências

26 fevereiro 2015 Arquivado

26 fevereiro 2015 Arquivado

Os carros já sabem falar, ler gestos e conduzir sem intervenção humana. Depois da CES de Las Vegas, rica em inovações, vamos até Genebra, na Suíça, para acompanhar a revolução tecnológica no mundo automóvel.

Las Vegas e Genebra estão separadas por 10 mil quilómetros. Mas partilham o apetite para mostrar o que podem esperar os consumidores dos carros no futuro. Na última CES, assistimos a um recorde de fabricantes de automóveis entre as centenas de expositores. Cada vez mais dependentes da eletrónica, os carros novos são autênticos computadores sobre rodas.

Destacamos as 5 tendências que marcam o mundo automóvel:

  • condução autónoma;
  • faróis laser;
  • comandos controlados por gestos;
  • ecrã projetado no para-brisas (também conhecido por head-up display);
  • sistemas multimédia integrados de infoentretenimento.

A Audi desfilou dois carros por mais de 800 km com piloto automático.
A Audi desfilou dois carros por mais de 800 km com piloto automático.

Quase todas as marcas apostam no desenvolvimento de uma solução para condução autónoma. Não se trata apenas de melhorar o sistema de estacionamento automático em cenários muito difíceis. Os avanços mais recentes vão muito mais longe. A Audi já demonstrou vários equipamentos para condução autónoma em pista e em estradas com trânsito real.

Audi, BMW, Mercedes e Volkswagen seguem na linha da frente com carros de demonstração que garantem uma parte ou a totalidade da experiência de condução. A Audi e a Volvo revelam ambições mais fortes e prometem preparar-se até ao final de 2017 para entregar nas mãos dos consumidores carros capazes de fazer a condução autónoma.

Cansados do volante? Basta ativar o piloto automático e apreciar a paisagem.
Cansados do volante? Basta ativar o piloto automático e apreciar a paisagem.

Laser, OLED e companhia: a guerra das luzes

A Audi e a BMW travam um combate muito vivo. Ambas garantem que os faróis laser são mais pequenos, potentes e eficientes e proporcionam o dobro do alcance face à iluminação convencional. A iluminação é um fator-chave para liderar no futuro. A Audi acaba de anunciar a criação de um novo departamento, o qual chamou de centro de competências da iluminação. Para a marca, este nome pomposo é a melhor forma de assumir que “a luz é um meio vital de informação”. A Audi “passou a perna” à BMW ao apresentar o primeiro carro do mundo com faróis a laser. O Audi R8 foi o escolhido. Tem LED de série, mas propõe as luzes de estrada (os máximos) a laser como opcional. A iluminação foi o primeiro elemento conhecido do carro. A apresentação está marcada para o salão automóvel de Genebra, onde vamos seguir as novidades de 2 a 5 de março.
A BMW apresenta a iluminação por OLED.
A BMW apresenta a iluminação por OLED.
Estreia absoluta dos faróis laser na Audi.
Estreia absoluta dos faróis laser na Audi.

Basta rodar o dedo para ouvir em alto e bom som

No comando das funções por gestos, há uma linha que separa as novas tecnologias reais daquilo que os construtores inventam como gadgets só para provar que é possível. O comando por gestos é um exemplo da última tendência. Um comando rotativo do dedo aumenta o volume do rádio. Mas algumas aplicações impressionam, como no caso da Volkswagen, onde fazer a onda com as mãos serve para abrir o teto panorâmico. O painel da 8.ª geração do Volkswagen Golf passará a incluir três ecrãs: um destes monitores serve para ler movimentos gestuais. A BMW também já anunciou vários progressos na adoção do comando gestual. Brevemente teremos muitas notícias para partilhar.
A Volkswagen já desvendou o cockpit da próxima geração do Golf R Touch.
A Volkswagen já desvendou o cockpit da próxima geração do Golf R Touch.
A BMW aposta na interação entre smartwatch e carros elétricos.
A BMW aposta na interação entre smartwatch e carros elétricos.
A projeção de informação no para-brisas, como a velocidade e as rotas de navegação, não é nada de novo. Mas continua a ser uma boa ideia. Ajuda a manter os olhos do condutor focados na estrada. À medida que a tecnologia evolui, os ecrãs são maiores e exibem cores mais ricas. A realidade aumentada exibe mais informações (por exemplo, orientação pelas faixas, distância entre carros e condições do tempo).
É mais fácil controlar o estado do carro e sincronizar com tablet ou telemóvel.
É mais fácil controlar o estado do carro e sincronizar com tablet ou telemóvel.
Outra chave para vencer no futuro mora nos sistemas de informação, multimédia e conectividade. As marcas estão cada vez mais apostadas em melhorar as suas propostas. Os construtores fora deste campeonato aceleram ao máximo para não perder terreno. Por exemplo, a Honda e a Hyundai preparam a sua estreia e a Ford está prestes a convencer os fãs com atualizações.

Veja o vídeo do teste com o Pioneer NavGate HUD.

Veja o vídeo do teste a 8 sistemas de GPS.

A nossa viagem de antevisão do futuro continua em Genebra, em direto do maior salão automóvel do mundo a partir de 2 de março. Acompanhe as novidades em primeira mão na nossa página no Facebook.