Notícias

Renault Mégane Sport Tourer: prática, espaçosa e poupada

15 agosto 2014 Arquivado

Arquivado

A Renault Mégane Sport Tourer apresenta bons trunfos: espaço interior abundante e bagageira prática para longas viagens. Com chave na mão, custa desde 23 900 euros.

Prática e confortável

A carroçaria ostenta uma boa qualidade global. As portas, o capô e a porta da mala fecham com suavidade. O habitáculo recebe com todo o conforto quatro ocupantes. O banco traseiro central destoa por ser estreito. Apenas serve de emergência para viagens curtas. À frente, os bancos têm um bom apoio lateral.

A vista é aceitável nos espelhos retrovisores, mas o mesmo não se aplica ao vidro traseiro elevado. À frente, a visibilidade é boa. O espelho interior reflete uma imagem muito pequena

A visibilidade global é muito fraca.
A visibilidade global é muito fraca.

Na dança do entra e sai, as portas largas facilitam a tarefa com um grande ângulo de abertura à frente. Atrás, não ajudam tanto, mas é fácil aceder aos bancos. Esta carrinha oferece zonas suficientes de arrumação. À frente, não faltou liberdade de movimentos e espaço para as cabeças e cotovelos. O banco recebe um condutor até 1,95 m de altura. Atrás, o interior é generoso em altura. Recebe passageiros até 1,90 m.

A Renault Mégane é fácil de operar. A alavanca das velocidades e os pedais estão bem posicionados. O sistema de aquecimento e ventilação está no sítio certo, mas os comandos são muito pequenos, o que complica as operações. O ar condicionado dispõe de duas zonas. Mas o desempenho não satisfaz. Com botões pequenos, o rádio aparece muito em baixo já longe do painel.

Pode ajustar na perfeição o volante em altura e profundidade.
Pode ajustar na perfeição o volante em altura e profundidade.