Notícias

Opel Corsa: campeão de vendas mais dinâmico e divertido de conduzir

08 janeiro 2015 Arquivado
Opel Corsa: campeão de vendas mais dinâmico e divertido de conduzir

08 janeiro 2015 Arquivado

O novo Opel Corsa chega aos standes este mês e nós já o conduzimos. O equipamento de base e o desempenho na estrada são os principais trunfos para responder à concorrência. A gasolina, custa desde 14 490 euros.

Rivais e segurança na mira

Entre os rivais do Opel Corsa, destacamos o Renault Clio, o VW Polo, o Audi A1, o Peugeot 208, o Ford Fiesta e o Seat Ibiza. Compare o custo por quilómetro.

O EuroNCAP, Programa Europeu de Avaliação de Novos Carros, introduziu novos parâmetros de análise e está mais exigente. Entre os requisitos para atingir as 5 estrelas de nota máxima está, por exemplo, o sistema de travagem de emergência para cidade. O quarto e último parâmetro dos testes, denominado “assistências de segurança”, tem mais peso. O Opel Corsa recebeu 4 estrelas com as pontuações de 79%, 77% e 71% ao nível dos ocupantes adultos, crianças e peões. Nos auxílios para o condutor, atingiu apenas 56 por cento.
O Opel Corsa não conseguiu a nota máxima na prova.
O Opel Corsa não conseguiu a nota máxima na prova.
Habitáculo estável e boa proteção.
Habitáculo estável e boa proteção.
O Opel Corsa foi premiado pelos sensores ultrassónicos de ângulos mortos.
O Opel Corsa foi premiado pelos sensores ultrassónicos de ângulos mortos.

Com alcance de 3 metros para a esquerda e para a direita, alerta para obstáculos e carros. Até 140 km/h, se surgir um veículo no raio de ação dos sensores, o sistema acende uma luz no espelho exterior do lado correspondente.

Ocupantes adultos
Habitáculo estável no choque frontal e boa proteção ao nível dos joelhos e fémur do condutor e passageiro. No teste da colisão lateral, todas as zonas críticas do corpo estavam bem protegidas, exceto o peito. No teste mais exigente do poste, o peito está demasiado exposto, sendo a proteção fraca. À frente, os bancos e o encosto de cabeça protegem de forma marginal contra lesões no caso de colisão traseira. Atrás, a proteção dos encostos de cabeça é mesmo fraca.

Crianças
No impacto frontal, o movimento para a frente do manequim de 3 anos, sentado num sistema de retenção virado para a frente, não foi excessivo. Mas a pressão no peito e no pescoço já é considerável. No caso do manequim de 18 meses, a proteção é máxima. O airbag do passageiro pode ser desativado para permitir o uso de uma cadeira voltada para a retaguarda. A informação é clara.

Peões e assistência à segurança
O para-choques obteve a pontuação mais elevada com bons resultados em todas as áreas das pernas dos peões. Pontos críticos: a base e os pilares do limpa para-brisas são demasiado agressivos.

O controlo eletrónico de estabilidade faz parte do equipamento de série e o carro inclui aviso para o cinto de segurança nos bancos à frente e atrás. Porém, o Opel Corsa foi penalizado por não disponibilizar a travagem de emergência autónoma como opção.

Boas soluções de segurança, mas sem travagem de emergência.
Boas soluções de segurança, mas sem travagem de emergência.