Notícias

Nissan Pulsar: espaçoso, seguro e fácil de conduzir

02 julho 2015 Arquivado

Arquivado

Testámos o Nissan Pulsar, a proposta mais recente da marca nos pequenos familiares. Apresenta um bom equipamento de segurança e é espaçoso à frente, mas a visibilidade não é das melhores. Custa a partir de 20 550 euros.

Sentido prático

O interior exibe bons acabamentos, apesar de algumas zonas menos agradáveis por baixo do painel de instrumentos e junto ao fecho das portas. A tampa para o depósito de combustível é aberta por uma alavanca que se encontra do lado esquerdo do volante, junto à alavanca que abre o capô, o que é pouco prático.
A alavanca para abrir o depósito de combustível é difícil de encontrar.
A alavanca para abrir o depósito de combustível é difícil de encontrar.
Os pilares laterais traseiros são muito largos, o que prejudica a visibilidade em redor, sobretudo quando se faz marcha atrás. A câmara de visão 360º ou a de visão traseira, presentes ou em opção nalgumas versões, são a solução prática para este problema. Os espelhos retrovisores não incluem eliminação do ângulo morto.
A visibilidade é um ponto a melhorar.
A visibilidade é um ponto a melhorar.
A capacidade da bagageira satisfaz. Contudo, ao rebater os bancos, adota a forma de um degrau, tornando mais difícil a tarefa de empurrar objetos para o fundo da bagageira.
A bagageira do Nissan Pulsar tem 355 litros de capacidade.
A bagageira do Nissan Pulsar tem 355 litros de capacidade.
Com os bancos rebatidos, a capacidade aumenta para 685 litros, mas fica com uma espécie de degrau.
Com os bancos rebatidos, a capacidade aumenta para 685 litros, mas fica com uma espécie de degrau.