Notícias

Combustíveis simples: lei incompleta baralha consumidor

17 abril 2015 Arquivado

17 abril 2015 Arquivado

Os combustíveis simples, à venda desde hoje, não são, como se esperava, muito mais baratos e, na bomba, nem sempre o consumidor entende qual escolher.

O Governo decidiu obrigar as marcas a vender gasolina e gasóleo simples com o duplo objetivo de proporcionar o acesso a estes combustíveis a todos os portugueses do Continente, bem como possibilitar maiores poupanças. Visitámos 112 postos de abastecimento, antes e depois da entrada em vigor da lei, para perceber por quanto e em que condições estão a ser vendidos a gasolina e o gasóleo simples. Encontrámos de tudo um pouco quanto aos preços e constatámos que a confusão, nos postos, para o consumidor pode ser alguma. Nalguns casos, não se consegue identificar o combustível simples na altura do abastecimento.

Parte deste problema deve-se ao facto de a portaria que define a forma como se deverá identificar o combustível ter sido publicada apenas esta semana e com entrada em vigor prevista para 4 de maio. É inaceitável que uma informação tão importante para o consumidor tenha ficado para o último momento, pondo em causa os objetivos da lei.

Pouca diferença de preço

Nos dias 15 e 17 de abril, visitámos 112 postos de abastecimento de norte a sul de Portugal. Recolhemos mais de 900 preços para o gasóleo e a gasolina 95. Concluímos que as diferenças de preço dos combustíveis simples são mínimas (entre 0 e 3 cêntimos) face às versões normais. Contas feitas, quem consumir um depósito de combustível por mês, consegue uma poupança anual de apenas 10 euros.

Combustíveis simples com cenário complicado

A estratégia das marcas nacionais não foi a mesma. Enquanto a Galp optou, isoladamente, por deixar de vender os combustíveis mais aditivados, os chamados “premium”, e apresentar apenas os normais e os simples, a BP, a Cepsa e a Repsol substituíram o normal pelo simples e mantiveram os produtos “premium”. Contudo, do lado de fora dos postos de abastecimento, dificilmente o consumidor descobre o que afinal está à venda. Apresentamos alguns exemplos.
A Repsol não alterou a informação exterior.
A Repsol não alterou a informação exterior.
Onde estão os simples, na Repsol?
Onde estão os simples, na Repsol?
A Prio vende os seus combustíveis “aditivados” a um preço mais baixo!
A Prio vende os seus combustíveis “aditivados” a um preço mais baixo!