Notícias

Automóveis: campeões de vendas em combate

15 janeiro 2014 Arquivado
Renault Clio, VW Polo, Peugeot 208, Ford Fiesta e Dacia Sandero

15 janeiro 2014 Arquivado

Renault Clio, VW Polo, Peugeot 208, Ford Fiesta e Dacia Sandero: já testámos e conduzimos os automóveis que a maioria dos portugueses precisa e ainda pode pagar. Ajudamos a escolher.

Todos estes automóveis fazem parte da lista dos mais vendidos. O Dacia Sandero é uma estrela em ascensão devido ao preço imbatível.

Veja o vídeo da nossa operação especial na base da Força Aérea na Ota.

Para guiar a escolha, destacamos o custo por quilómetro de cada proposta: VW Polo (€ 0,24), Ford Fiesta (€ 0,23), Peugeot 208 (€ 0,21), Renault Clio (€ 0,21) e Dacia Sandero (€ 0,19). Consulte as contas e os resultados para 5 mil automóveis.

O melhor e o pior de 5 utilitários
Depois das provas em laboratório, juntámos 5 membros da equipa para experimentarem os automóveis. Reunimos uma seleção de utilitários, onde os fabricantes apostam em motores mais eficientes. Mais potentes e confortáveis, os utilitários exibem mais espaço interior e já satisfazem fora da cidade. Não permitem transportar rios de bagagem, mas servem para trazer as compras do supermercado, a mochila das crianças ou pequenas malas de viagem.

O Ford Fiesta chega com uma nova face. Tecnicamente maduro, seguro e confortável, tem poucos pontos fracos. A consola central é pouco prática e o espaço atrás escasseia.

A falta de espaço atrás é uma nota crítica do Renault Clio. O número 1 das vendas nacionais rompe com o passado na estética, mas mantém uma segurança de excelência. O bom desempenho e o baixo consumo impressionam.

O VW Polo é o best-seller da marca. Não é tão extravagante por fora como os rivais, mas consegue um desempenho muito eficaz. Dono de uma construção de qualidade e com acabamentos de excelência, o Polo brinda-nos com muito espaço à frente. Mas a bagageira é a mais pequena.

Da Peugeot, o elemento mais forte nas estradas nacionais é o 208. O novo modelo melhorou as capacidades aerodinâmicas. À frente, salta à vista o painel numa zona mais elevada. Pena acusar tão pouco espaço para as pernas atrás. O ecrã tátil está no sítio certo, mas exige algum treino até dominá-lo na perfeição.

O preço low-cost é o principal argumento do Dacia Sandero. Muito espaço, grande bagageira e preço imbatível são os atributos essenciais. Já inclui de série o controlo eletrónico de estabilidade e os novos motores da Renault.


Imprimir Enviar por e-mail